Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

01 Abril de 2020 | 09h45 - Actualizado em 01 Abril de 2020 | 09h45

COVID-19: Delegação multissectorial avalia medidas no Cunene e Namibe

Luanda - Uma delegação multissectorial chefiada pela ministra de Estado para a Área Social, Carolina Cerqueira, avalia, nesta quarta-feira, nas províncias do Namibe e do Cunene, a implementação das medidas do Estado de Emergência e a situação sanitária, no âmbito da prevenção do COVID-19.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dístico do COVID-19, novo Coronavírus

Foto: Divulgação

Angola observa, desde 27 de Março, um regime de Estado de Emergência, decretado pelo Presidente da República, com vista a confinar a população e diminuir os focos de contaminação no país, que já registou sete casos positivos, dos quais duas mortes.

Na última segunda-feira, as autoridades sanitárias anunciaram que o paciente zero (primeiro a ser detectado com covid-19) está recuperado e deve receber alta nos próximos dias. Os outros quatro pacientes seguem estáveis, em termos clínicos.

Em declarações à ANGOP, a coordenadora-adjunta da Comissão Intersectorial de Gestão das Medidas Contra a Expansão do COVID-19, Carolina Cerqueira, afirmou que as duas províncias fronteiriças, particularmente o Cunene que tem conhecido a entrada de muitos angolanos provenientes da Namíbia, exigem uma atenção redobrada das autoridades em questões de cuidados médicos e de prevenção sanitária, assim como de logística para a assistência alimentar.

A delegação multisectorial tem em agenda encontros com as autoridades locais para abordagens sobre a circulação rodoviária de meios com mercadorias e a fiscalização do comércio transfronteiriço à luz das medidas da implementação do Estado de Emergência.

Carolina Cerqueira referiu que a segurança sanitária, prevenção, protecção e assistência das populações é a prioridade  da acção do governo, apelando, por esta razão, a população a ficar em casa  para melhor se protegerem e protegerem a sociedade.

A governante frisou que a Comissão Interministerial tem desenvolvido esforços para mitigar as dificuldades criadas com a implementação do Estado de Emergência e apelou ainda aos angolanos para manter a serenidade, disciplina e o cumprimento das medidas anunciadas para que se possa vencer a doença.

Agradeceu a sociedade civil , políticos, empresários, pessoas colectivas e singulares, religiosos, artistas e  voluntários que em todo o país estão ajudar a proteger Angola dessa pandemia que aflige a humanidade, de forma invisível e cruel.

Carolina Cerqueira reafirmou que a melhor e única proteção segura é ficar em casa.

A delegação multisetorial integra os secretários de Estado do Interior e do Comércio, funcionários seniores dos ministérios das Relações Exteriores, da Saúde e dos Transportes.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 31/03/2020 21:58:50

    COVID - 19: Novas 90 amostras negativas

    Luanda - As autoridades sanitárias processaram, nas últimas 24 horas, 90 amostras negativas de casos suspeitos do novo coronavírus (COVID - 19), anunciou, esta terça-feira, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

  • 30/03/2020 19:16:28

    Covid-19: Primeiro paciente recuperado

    Luanda - Um dos cinco cidadãos infectados com Covid-19, sob controlo das autoridades sanitárias, está recuperado, anunciou hoje (segunda-feira), em Luanda, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

  • 29/03/2020 14:45:11

    Jovens voluntários doam sabão a desfavorecidos em Luanda

    Luanda-Um grupo de jovens voluntários doaram três mil barras de sabão azul a famílias desfavorecidas, em Luanda, no âmbito do combate ao coronavírus.