Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

05 Abril de 2020 | 20h56 - Actualizado em 06 Abril de 2020 | 00h12

Covid-19: Prevenção e combate custam mais de AKz 4 mil milhões

Luanda - O Governo angolano gastou até à data de hoje 4,5 mil milhões de Kwanzas (o equivalente a nove milhões de dólares) em despesas relacionadas com a prevenção e combate ao Covid-19.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Centro de tratamento intensivo do moxico

Foto: kinda kyungu

Dados oficiais disponibilizados pela Comissão Interministerial, que coordena a acção contra o coronavírus, referem que a esse montante se deve somar o valor das despesas já comprometidas, isto é, pagamentos em curso que ascendem aos 14 mil milhões de kwanzas (correspondentes a 29, 4 milhões USD).

Relativamente às doações que pessoas singulares, organizações empresariais, embaixadas de países acreditados junto do Estado angolano, igrejas, ONGs e outras, de acordo com a mesma fonte, fizeram chegar voluntariamente à Comissão Interministerial o valor já acumulado, chegam a 510 milhões, 870 mil e 933 Kwanzas.

Diversas empresas e bancos decidiram oferecer equipamento, material de biossegurança e outros meios, tendo pago directamente aos fornecedores estrangeiros, devendo a Comissão Interministerial receber brevemente as doações.

Essas aquisições estão cifradas em seis milhões, 242 mil e 285 dólares norte-americanos.

A Comissão refere que, neste último pacote, há a incluir, também, uma encomenda de meios assistenciais feita por um banco de capital nacional, no valor de 772 mil e 285 euros.

Além dos montantes em dinheiro, a Comissão Interministerial para Prevenção e Combate ao Covid-19 recebeu, também, quantidades generosas de bens alimentares, pulverizadores, reservatórios de água em plástico, material de limpeza e desinfecção, como detergentes e viaturas, no quadro de um amplo movimento de solidariedade que se desencadeou pelo país, indiciando maior adesão nos próximos dias.

Destacou, igualmente, as doações em dinheiro que chegam à Comissão que compreendem um espectro que vai de singulares, que oferecem entre vinte e cinquenta milhões de Kwanzas, até os que depositam duzentos Kwanzas, numa demonstração de apoio, independentemente das dificuldades de cada um no seu quotidiano.  

Assuntos Angola  

Leia também