Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

10 Abril de 2020 | 05h20 - Actualizado em 10 Abril de 2020 | 05h22

COVID-19: Mais de mil amostras foram a laboratório

Luanda - Mil e 113 amostras suspeitas do novo coronavírus (covid-19) já foram processadas pelo laboratório de biologia molecular nacional, de Março até ao momento, das quais 19 cidadãos testaram positivos, anunciou quinta-feira, em Luanda, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Silvia Lutucuta, Ministra da Saúde, afirma: Mil e 113 amostras suspeitas do novo coronavírus foram processadas pelo laboratório de biologia molecular nacional

Foto: Francisco Miudo

Durante a habitual conferência de imprensa de actualização de dados da sobre a pandemima, a ministra avançou estrem em processamento 92 amostras, cujos resultados serão divulgados nos próximos dias.

“No âmbito da investigação e busca permanente de cidadãos suspeitos de covid-19, estão em seguimento 358 casos, assim como 696 contactos dos 19 casos positivos confirmados”, disse Sílvia Lutucuta, garantindo a chegada a Angola, nesta sexta-feira, de 264 médicos cubanos.

Recursos humanos especilizados

Para reforçar a assistência médica e preencher a lacuna de recursos humanos especializados no país, chegam 264 médicos cubanos, dos quais 244 são novos especialistas contratados, enquanto 20 profissionais regressam a Angola depois cumprirem gozos de férias na terra natal.

Avançou que após o período de quarentena, a que serão submetidos também os médicos cubanos, estes serão distribuídos para todos os municípios das 18 províncias do país, com vista a assegurar o atendimento médico especializado em todas as localidades.

Apesar de ainda  não registar casos comunitários de covid-19, Angola conta já com 19 infectados importados, dos quais dois cidadãos recuperam da doença e duas pessoas morreram, enquanto 15 estão hospitalizados nas unidades de referência na capital do país.

Para conter a propagação da covid-19 e evitar o contágio comunitário, o Presidente da República, João Lourenço, decretou, nesta quinta-feira, a prorrogação do Estado de Emergência, que vigora desde 27 de Março último, por mais 15 dias.

A prorrogação do Estado de Emergência começa às 00h00 do dia 11 de Abril e termina às 23h59 do dia 25 do mesmo mês.

Nesse período de confinamento obrigatório e distanciamento social, está interdita a circulação e permanência de pessoas na via pública, bem como a comercialização de produtos não essenciais.

 

Assuntos Ministério da Saúde  

Leia também
  • 22/03/2020 13:14:17

    Covid-19: Angola sem casos positivos nas últimas 24 horas

    Luanda - O número de casos positivos do novo coronavírus (Covid-19) em Angola continua inalterado, sendo que o estado de saúde dos primeiros dois casos registados sábado último encontram-se estáveis e com sintomatologias leves, deu a conhecer hoje, domingo, em Luanda, a directora nacional de Saúde Pública, Helga Freitas.

  • 21/03/2020 17:15:13

    COVID-19: Licença para empregadas domésticas

    Luanda - A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, aconselhou neste sábado, em Luanda, os empregadores a dispensarem as empregas domésticas, como forma de prevenir a propagação do COVID-19, entre os angolanos, depois de Angola registar, neste sábado, dois casos positivos.

  • 17/03/2020 19:46:01

    Covid-19: Angola alarga restrições para Portugal e Espanha

    Luanda - A Comissão Interministerial para a Resposta à Pandemia do Coronavírus (Covid-19), coordenado pelo Ministério da Saúde de Angola, decidiu nesta terça-feira, em Luanda, alargar a quarentena obrigatória, de no mínimo 14 dias, para todos os cidadãos nacionais e estrangeiros residentes provenientes de Portugal, Espanha e França.