Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

09 Abril de 2020 | 14h39 - Actualizado em 09 Abril de 2020 | 14h39

Covid-19: Líderes religiosos querem mais solidariedade

Saurimo - As autoridades religiosas de Saurimo, província da Lunda Sul, reiteraram hoje, quinta-feira, nesta cidade, a necessidade dos cristãos e sociedade em geral a redobrarem as acções de solidariedade com as famílias mais desfavorecidas, durante esse período de Estado de Emergência.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cidade de Saurimo na Lunda Sul

Foto: Pedro Parente

Em declarações à Angop, o padre da Arquidiocese de Saurimo, Rui David, disse que a sociedade civil deve juntar-se aos esforços do Executivo nas medidas de prevenção e no fornecimento de bens de primeira necessidade às famílias mais vulneráveis.

Sublinhou que só desta forma será possível conseguir manter em casa aquelas famílias que para sobreviverem têm que estar nas ruas, a procura de alimento para a auto sustentabilidade diária.

Explicou que, durante a semana Santa, os fiéis da Igreja Católica devem estar mais atentas com as iniciativas de solidariedade com as famílias que precisam de ajuda, visto que este período é de reflexão sobre o egoísmo e a autossuficiência.

O prelado pediu aos fiéis para acatarem rigorosamente os apelos das autoridades sanitárias, tendo em conta que a transmissão da covid-19, depende essencialmente do contacto com pessoas infectadas, espirros ou superfícies contaminadas, como corrimão de escadas, computadores e outros.

Por seu turno, o pastor da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal, Francisco Txilima, frisou que a sociedade deve assumir uma postura cívica, que ajude todos cidadãos a defenderem-se desta pandemia, acrescentando que os líderes religiosos e autoridades tradicionais devem ser exemplares no cumprimento escrupuloso das medidas de prevenção sem reversas e preconceitos.

Exortou igualmente as pessoas a criarem o espírito solidário nesta face que o país atravessa, ajudando os mais necessitados e consolar os contritos, seguindo orientações de Jesus Cristo.

Já, o Pastor da Igreja Metodista Unida, João Muacanhica, apelou à população para lavagem das mãos com água e sabão ou álcool gel, evitar grandes aglomerados, manter o distanciamento e cobrir a boca e o nariz ao tossir.

As medidas de prevenção contra a pandemia incluem lavar as mãos com água e sabão ou desinfectá-las com álcool em gel, regularmente, tapar a boca com um lenço ao tossir ou espirrar, bem como evitar abraços, beijos e apertos de mãos.

Leia também
  • 09/04/2020 15:51:09

    COVID-19: Feirantes do antigo Chapanguele com nova praça

    Lobito - Os mais de cinco mil vendedores do já extinto mercado informal do Chapanguele, o maior do município do Lobito, em Benguela, poderão, até finais de Abril, contar com um novo espaço a céu aberto para venda de produtos diversos, como garante o administrador da região, Carlos Vasconcelos.

  • 09/04/2020 15:06:34

    COVID-19: Cidadãos voltam a afluir ruas de Malanje

    Malanje - A dois dias do fim do Estado de Emergência que vigora no país, devido à Covid-19, cidadãos de vários estratos sociais, com destaque para pessoas a procura de trabalhos eventuais, voltaram a afluir as ruas da cidade de Malanje, violando assim a quarentena domiciliar.

  • 09/04/2020 14:37:14

    Uíge conta com centro de tratamento de Covid-19

    Uíge - Um centro para o internamento e tratamento de possíveis casos do novo coronavírus (Covid-19), com capacidade de 30 camas, está instalado no hospital provincial do Uíge.