Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

30 Julho de 2020 | 14h50 - Actualizado em 30 Julho de 2020 | 14h50

Mortes maternas reduzem na Lunda Sul

Saurimo - A Maternidade Provincial da Lunda Sul registou no primeiro semestre do corrente ano cinco mortes maternas, sendo duas extra hospitalar e três institucionais, uma redução de quatro, comparativamente a igual período anterior, disse nesta quinta-feira a directora clínica da unidade, Gabriela Monteiro.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop, apontou o reforço de mais dois especialistas gino-obstetra na unidade, desde o passado mês de Abril, bem como as acções de sensibilização levadas a cabo sobre a necessidade das mulheres realizarem os partos nas instituições sanitárias, como estando na base da redução de casos de mortes.

Adiantou que o parto ao domicílio, hemorragias e chegada tardia a unidade entre outras situações motivaram as mortes maternas, pelo que apelou as mulheres a se dirigirem a maternidade quando sentirem os primeiros sinais de parto.

Reprovou a atitude de algumas famílias que têm coagido as gestantes a realizarem partos ao domicílio, sob vários riscos, e muitas vezes com desfecho negativo, tanto para mãe como para o bebé.

Gabriela Monteiro fez saber que as patologias mais frequentes na maternidade são as eclampsia (níveis tencionais altos) e malárias.

Com média diária de 70 pacientes e 20 partos, a maternidade possui 28 camas, 73 enfermeiros e seis medidos especialistas, sendo dois angolanos e quatro expatriados.

Leia também
  • 30/07/2020 10:53:18

    População da Matala recebe medicamentos para oncocercose

    Matala - A população que habita à beira do rio Cunene e outros afluentes, no município da Matala, província da Huíla, começou esta quinta-feira a receber 120 mil doses de Metizam, fármaco utilizado na prevenção e tratamento da oncocercose, também conhecida como "cegueira dos rios".

  • 29/07/2020 18:12:28

    Covid-19: Governadora do Bengo apela população à calma

    Caxito - A governadora do Bengo, Mara Quiosa, apelou hoje, quarta-feira, os habitantes da província à calma, ante o registo na terça-feira do primeiro caso positivo de Covid-19.

  • 29/07/2020 17:54:38

    Covid-19: Criadas condições para montagem de laboratório

    Uíge - As condições para a montagem de laboratório para a testagem da Covid-19 e de um hospital de campanha, na província do Uíge, no âmbito do combate contra esta pandemia, estão criadas pelo Governo provincial.