Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

09 Agosto de 2020 | 23h46 - Actualizado em 09 Agosto de 2020 | 22h36

Covid-19: Síntese Nacional

Luanda - O quadro epidemiológico nacional registou, até às 19 horas deste domingo, 100 novos casos positivos, cinco óbitos e três recuperados.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O país registou pela primeira vez 100 casos positivos durante 24 horas, sendo o maior número até aqui registado. Deste número, 82 são homens e 18 mulheres, na faixa etária entre os dez e 83 anos.

Na distribuição geográfica, um caso importado foi examinado no município do Soyo, na província do Zaire, e igual número em Benguela, sendo este último por ter violado a cerca sanitária.

Em Luanda, foram notificados 96 casos, nas localidades de Viana, kilamba kiaxi, Belas, Talatona, Ingombota, Maianga e Rangel.

Cinco angolanos do sexo masculino, com idades compreendidas entre 59 e 82, com várias comorbidades associadas ao quadro descompensados, não resistiram ao novo coronavírus e faleceram. Os óbitos foram registados  na Clínica Girassol, com dois, Clínica Sagrada Esperança, Hospital de Campanha da Zona Económica Especial e na Barra do Kwanza, registaram um paciente cada.

Consta do boletim o processamento de 286 amostras, nas últimas 24 horas. Nos testes rápidos, 60 pessoas foram examinadas, das quais três reactivos, o que significa que 5,0 em cada 100 pessoas rastreadas estiveram expostas ao SARS-CoV-2.

Em quarentena institucional estão 903 pessoas e saíram 31, sendo 28 em Luanda, uma na província da Lunda Norte, Zaire e Benguela respectivamente.

As autoridades sanitárias investigaram 1.675 casos e 4.132 estão sob vigilância.

Angola conta com 1.672 casos positivos, 75 óbitos, 567 recuperados e 1.030 activos.

Nos activos, três estão em estado crítico, com ventilação mecânica invasiva, 22 em estado grave, 22 moderados, 35 com sintomas leves e 948 são assintomáticos.

Assuntos Angola  

Leia também