Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

06 Julho de 2016 | 12h12 - Actualizado em 06 Julho de 2016 | 12h12

Quatrocentas famílias do distrito da Samba transferidas para o Zango

Luanda - Quatrocentas famílias do bairro do povoado, distrito urbano da Samba, município de Luanda, começaram em Junho último a ser transferidas para casas sociais do Zango, município de Viana, no âmbito do programa de realojamento da população residente em zonas de risco.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Pormenor de uma residências do Zango (Ilustração)

Foto: Henri Celso

Até ao momento mais de cem famílias foram já realojadas em residências T2 no Zango.

O processo que esta ser realizado faseadamente, pela administração do distrito da Samba, contempla em cada etapa a transferência de 50 famílias que viviam em casebres de zinco e tendas degradadas.  

As famílias realojadas viviam numa zona em más condições e com problemas de saneamento básico e sem fornecimento de energia eléctrica e abastecimento de água potável.

De acordo com o chefe  dos serviços sociais do distrito, Santa Rosa, que falava hoje, quarta-feira,  à Angop, nesta primeira fase estão a ser priorizados os moradores que vivem em tendas.

A responsável lamentou o facto de estarem a surgir no local alguns oportunistas, querendo aproveitar-se da situação na ânsia de conseguir uma ou mais habitações, perturbando todo um processo que as autoridades desenvolvem para o bem estar das famílias.       

“  Este é um trabalho que carece de  muitos cuidados porque no momento estão aparecer oportunistas, querendo aproveitar-se da situação, perturbando todo trabalho já realizado”, desabafou.       

O Bairro do Povoado, antes com poucos habitantes, expandiu-se para mais de 500 famílias com a chegada dos moradores desalojados da localidade da Areia Branca,  no âmbito da ampliação e requalificação da  nova marginal de Luanda.       

O  Governo da Província de Luanda (GPL), no seu programa de habitação social, criou as condições para resolver este problema que afecta as populações residentes em zonas de risco.

Leia também
  • 02/02/2019 13:06:34

    Chuva alaga ruas e mais de 700 residências em Luanda

    Luanda - Setecentas e 11 residências inundadas, algumas escolas, centros e postos médicos alagados, assim como ruas intransitáveis, mas sem o registo de vítimas humanas, são o resultado da chuva que caiu durante sete horas na sexta-feira (1), na província de Luanda, segundo dados provisórios divulgados hoje, sábado.

  • 01/02/2019 23:36:45

    Deputados da UNITA sugerem aumento dos postos de identificação

    Luanda - Deputados do grupo parlamentar da Unita manifestaram-se preocupados, face as enchentes que se registam nos postos de Identificação Civil e Criminal no município de Viana, em Luanda, e sugerem o aumento de mais serviços para se atenuar a demanda.

  • 31/01/2019 13:37:17

    Maior parte dos incêndios é causado por negligência

    Luanda - Cinquenta e um incêndios dos 72 registados, em Luanda, durante o mês de Janeiro deste ano, foram provocados por negligência, menos cinco em relação ao mesmo período de 2018.

  • 31/01/2019 13:15:38

    PN detém oficial no Cazenga por suspeita de corrupção

    Luanda - A Polícia Nacional deteve, na última quarta-feira, 30, um sub-chefe pertencente à 12ª esquadra, no município do Cazenga, em Luanda, por alegado envolvimento em actos de corrupção.