Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Novembro de 2017 | 05h42 - Actualizado em 15 Novembro de 2017 | 05h42

Cuanza Sul: Jovens aconselhados a apostar na formação académica

Sumbe- O Secretário provincial do Conselho Nacional da Juventude (CNJ), António Quituxe , apelou terça-feira, na cidade do Sumbe, província do Cuanza Sul, aos jovens a apostar na formação académica como instrumento de desenvolvimento social.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jovens de uma Paroquia (Arquivo).

Foto: kinda kyungu

Em declarações à Angop, a propósito do comportamento menos dignos de muita juventude, o secretário provincial disse  que os jovens têm um  futuro promissor que lhes remete a  um comportamento  digno perante a sociedade.

 Para tal disse,  devem  apostar fortemente na formação académica e técnico profissional de maneira á contribuir no desenvolvimento sócio económico do país.

Sublinhou que ,o jovem  não fazendo uma aposta séria na sua formação académica ou profissional, está a comprometer o  futuro e estará limitado a lhe  lidar  com as novas tecnologias , assim como  terá muitas dificuldades de  ingressar ao mercado do emprego  que hoje é bastante exigente.

“O  Conselho da Provincial da Juventude , tem desempenhado um papel extremamente importante no seio daqueles jovens que não querem apostar na sua formação ,  realizando palestras , campanhas de sensibilização  e encontros onde explicam a importância  da aposta fortemente na  formação ,tendo em conta as exigências do   mercado de emprego”, frisou.

 Realçou que a  juventude joga um papel importante para o desenvolvimento de um país , para isso a nação deve possuir um capital humano  com  formação qualificada,  com capacidade  de desempenhar qualquer função onde for chamado e  dar o seu contributo.

Leia também