Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

22 Janeiro de 2020 | 14h40 - Actualizado em 22 Janeiro de 2020 | 14h38

Atraso das obras condiciona construção de biblioteca

Moçâmedes - O atraso no início das obras da Academia de Pescas e Ciências do Mar (APCM), que contemplará a construção de novos edifícios, com destaque para uma biblioteca, está a dificultar o processo investigativo dos estudantes dos diferentes cursos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Academia de pesca da província do Namibe

Foto: Pedro Parente

A terceira fase, cujo arranque está previsto para este ano tão logo haja disponibilidade financeira, contemplará a construção de complexos de laser, campos de jogos, refeitório e outros elementos adicionais.   

A informação foi avançada terça-feira à Angop pela coordenadora de Gestão da instituição, Carmen dos Santos, tendo salientado que a abertura de uma biblioteca facilitará o processo de aquisição de toda informação adicional dos conteúdos académicos e de pesquisa.

“Não se faz universidade ou Academia sem que haja um espaço de tratamento de informação: a biblioteca, onde os estudantes e os docentes poderão encontrar todo um conjunto de acervo que vai dos livros e outros elementos que podem de forma sistemática ajudar a compreender determinados conteúdos ou pesquisas”, disse a coordenadora.

Lamentou igualmente a falta de um refeitório para atender os 1.00 estudantes e 250 professores que diariamente passam o seu tempo na instituição, devido a distância da cidade capital.

A instituição possui igualmente um lar, para 120 estudantes, que não funciona, devido a falta de um muro de vedação e a autorização da cobrança de alguns valores para suportar as despesas alimentares e outros elementos que fazem parte deste lar, como material de higiene, roupas de cama e outros utensílios.

A APCM conta com três unidades orgânicas. A faculdade de pescas tem três cursos ( navegação, administração e gestão das pescas e mecânica naval), a faculdade de exploração dos recursos aquáticos (aquicultura e recurso marinhos),  enquanto a faculdade de processamento de pescado, tem o curso de tecnologia e organização de processamento do pescado.

Este será o quarto ano ano lectivo desde a sua inauguração , em 2017, que está praticamente destinado para as aulas práticas dos estudantes dos diferentes cursos, prevendo-se no final do ano serrem apresentados os primeiros licenciados.

Assuntos Província » Namibe  

Leia também
  • 20/01/2020 18:12:48

    Produtoras de sabão recebem material

    Tômbua - As mulheres produtoras de sabão artesanal do município do Tômbua, província do Namibe, receberam hoje, segunda-feira, material para confeccionar esse produto de higiene, uma oferta da administração local.

  • 17/01/2020 19:07:04

    Responsável quer esforço do SPCB no apoio às vítimas

    Moçâmedes - O secretário de Estado para o Asseguramento Técnico do Ministério do Interior (Minint), Salvador Rodrigues, exortou hoje, sexta-feira, na província do Namibe, ao efectivo do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB) a redobrar o esforço no apoio às vítimas de calamidades naturais.

  • 15/01/2020 15:09:53

    Antigos combatentes recebem residências

    Moçâmedes- Cinquenta e quatro antigos combatentes e veteranos da Pátria na província do Namibe, beneficiaram-se hoje (quarta feira), de residências situadas nas centralidades do 5 de Abril e Praia Amélia, inserido no programa de melhoria das condições de vida dos assistidos.