Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

02 Fevereiro de 2020 | 20h23 - Actualizado em 05 Fevereiro de 2020 | 16h42

Huíla: Rádio Maranata já em funcionamento no Lubango

Lubango - A rádio Maranata, antena evangélica em FM e a única emissora gospel no Centro Sul de Angola, foi hoje inaugurada e emite na frequência 91.9, depois de mais de um mês em fase experimental, com a finalidade de proclamar a doutrina, no âmbito espiritual e social.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Rádio Maranata

Foto: Amélia Oliveira

Falando no discurso de abertura, o presidente da Igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA), Dinis Eurico, afirmou que foram diversas “batalhas” enfrentadas para chegarem a inauguração, pois tiveram um processo técnico e administrativo avaliado em perto de 34 milhões de Kwanzas, sem contar com o trabalho e o tempo dos voluntários no processo.

Declarou que a rádio deixa de ser um projecto e passa a ser um património da IESA, que vai mais longe na pregação do evangelho, na vertente espiritual e social, no resgate dos valores morais e cívicos, nas diversas línguas nacionais, sendo que a palavra Maranata significa “Cristo vem”.

“Devemos observar rigorosamente a nossa linha editorial evangélica que sempre caracterizou os nossos programas “hora de reflexão e semeador da manhã”, os nossos programas sociais serão de carácter educativo e motivantes para o resgate e semeadora dos valores morais e cívicos”, destacou.

Adiantou que o serviço vai estar disponível para todos, cooperando com outras rádios já existentes e contribuindo assim para uma informação mais plural, isenta e de confiança, assim como abertos a colaborar com outras igrejas evangélicas que queiram comprar um espaço na emissora para emitir seus programas ou anúncios publicitários, respeitando a linha editorial evangélica.

“Vamos cuidar dos equipamentos que custaram tanto dinheiro vindos exclusivamente das ofertas e dízimos dos fiéis. A rádio não é comercial, trabalha para cobrir as suas despesas e receitas e aos profissionais que vão trabalhar na mesma não devem perder o espírito de voluntariado”, alertou.

Agradeceu a todos que directa e indirectamente contribuíram para a abertura da emissora e reiterou o desejo de expandir o sinal para as outras províncias do país.

Historial da emissora

A ideia de um programa radiofónico em Angola da igreja teve início em Março de 1993, no Lubango, na rádio 200, onde a igreja colocou no ar um programa vespertino, em frequência modelada, denominada “hora de reflexão” e posteriormente em 1999 outro denominado “semeador da manha” em alusão a viragem do século na altura que cativou muitas pessoas.

A ideia da criação da rádio surge em 2006 com aprovação da Lei de Imprensa, uma emissora com a finalidade de servir as comunidades citadinas e o processo “Rádio Maranata” entra em Luanda em 2015, que percorreu e cumpriu todos os procedimentos legais.

O processo foi aprovado e terminou em 2019 com a recepção oficial da licença emissão em FM com a frequência de 91,9 Mw no dia 23 de Setembro e posteriormente seguiu-se a organização de todo o equipamento técnico e com ajuda da torre da Angola Telecom no Lubango e o sinal foi ao ar dia 22 de Dezembro do mesmo ano.

A partir daí iniciou-se o período experimental dos equipamentos que a lei exige, que terminou com a inauguração da rádio com um culto de Acção de Graças.

Essa é a quinta estação de rádio no Lubango, jutando-se assim a Rádio Huíla, Rádio Mais, Rádio 2000, Rádio ISPI e Ecclésia.

Leia também
  • 05/02/2020 10:55:20

    Duas mil famílias beneficiam de água em Quirima

    Malanje - Duas mil famílias dos bairros Hoji Ya Henda e Matende, no município de Quirima, ganharam terça-feira sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável.

  • 04/02/2020 16:44:36

    Responsável quer formação dos jovens

    Luanda - A responsável do Lar de acolhimento "Onde não Há órfão de Deus", Albertina Kapitango, apelou este terça-feira, em Luanda, a sociedade a apoiar a formação técnica e profissional dos jovens afectos ao centro.

  • 04/02/2020 12:32:50

    Governante orienta reposição de água o mais rápido possível

    Luena - Os citadinos do Luena, na província do Moxico, poderão ver resolvida, nos próximos dias, a situação do fornecimento de água potável, interrompido, há uma semana, devido ao acúmulo de areia na barragem de captação do rio Lumege.

  • 03/02/2020 00:30:00

    Autoridades tradicionais na fiscalização das obras públicas

    Kiwaba Nzoji - O vice-governador para o sector político, económico e social da Província de Malanje, Domingos Eduardo, pediu, sábado, ajuda às autoridades tradicionais do município de Kiwaba Nzoji, para a fiscalização das obras públicas em curso, no quadro do Plano Integrado de Intervenção Municipal (PIIM).