Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

20 Fevereiro de 2020 | 19h28 - Actualizado em 22 Fevereiro de 2020 | 12h25

Canfeu é espaço de aprendizagem dos jovens - Luísa Damião

Caxito- A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, considerou hoje, quinta-feira, em Caxito, província do Bengo, o Campo Nacional de Férias de Estudantes Universitários (CANFEU) um espaço de aprendizagem e de interacção dos jovens.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vice-presidente do MPLA, Luísa Damião

Foto: Mário Francisco

Ao discursar na abertura da 17ª edição do Canfeu, que acontece na  província do Bengo, Luísa Damião disse que encontros do genéro deixam marcas inextinguíveis na vida de qualquer participante do evento.

Ressaltou que, além da contínua mobilização da juventude universitária, o  Canfeu assume-se como um espaço de unidade, reflexão e recreação, que engaja os jovens na defesa das causas mais nobres do povo angolano.  

A  realização deste evento, disse, concorre ainda para agregar valores e experiência aos estudantes, assim como constitui oportunidade para os participantes conhecerem melhor a realidade da província do Bengo.

Na ocasião, a governadora da província do Bengo, Mara Quiosa, referiu que a juventude será sempre factor determinante no desenvolvimento socioeconómico do país, pois a sua força e irreverência, faz acreditar que com empenho, dedicação e espírito patriótico, vai continuar a impulsionar a construção de uma Angola cada vez melhor para se viver.

Ressaltou que o governo local trabalha na busca de soluções para mitigar os principais problemas da província, tendo realçado os programas de aumento do número de empregos, expansão da rede académica, maior oferta habitacional, entre outros projectos direccionados para os jovens.

Já o primeiro secretário nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos, pediu aos jovens para apoiarem as reformas em curso no país.

Durante três dias, estudantes universitários vão abordar em conferências temas como “O estado de desenvolvimento socioeconómico do Bengo", "O plano estratégico de combate à corrupção", "A participação da juventude no aumento da produção interna", entre outros temas.

Participam na 17ª edição do Canfeu Bengo/2020, 679 estudantes provenientes das 18 províncias do país e do estrangeiro.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também