Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

06 Abril de 2020 | 20h28 - Actualizado em 06 Abril de 2020 | 21h08

Cultos religiosos preocupam PN

Luanda - As forças de defesa e segurança estão preocupadas com o crescente número de líderes religiosos que continuam a realizar cultos clandestinos, no interior de residências, acção que viola o Estado de Emergência contra o COVID-19.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Waldemar José , Porta-Voz do ministério do interior

Foto: António Escrivão

Nas últimas 24 horas foram detidos líderes religiosos da IESA, IECA e MESA, segundo informou hoje (segunda-feira), em conferência de imprensa, o porta-voz das forças de defesa segurança, Waldemar José.

Os aludidos líderes, que devem serem julgados sumariamente por desacato a autoridade, foram detidos nas províncias da Huíla, Namibe, Lunda Sul e Cuanza Sul.

Ainda relativamente a desacatos, nas últimas 24 horas, houve um incremento de actos de desobediência civil, levando as autoridades a deterem 334 cidadãos nacionais e 167 estrangeiros, na fronteira, por imigração ilegal, e apreenderam 37 viaturas e 234 motorizadas.

Manifestou igualmente preocupação com o crescente número de cidadãos que se está a deslocar de uma província para outra, por via dos camiões autorizados a circular com mercadoria.

Quando isso acontece, disse, os cidadãos são convidados a regressarem a procedência e, em caso de resistência, são detidos.

“Estamos atentos e vamos redobrar a vigilância para a manutenção da ordem e tranquilidade públicas”, disse.

Com os dois casos anunciados hoje, o país passa a contar com 16 casos positivos, entre os quais dois mortos, dois recuperados e restantes em tratamento.

Até ao momento todos os casos positivos registados no país foram importados, não havendo qualquer contaminação ao nível das comunidades.

Dos 16 infectados, dois morreram, dois recuperaram e os demais seguem em tratamento.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 06/04/2020 23:03:06

    Telecomunicações e Comunicação Social fundem-se

    Luanda - O engenheiro Manuel Homem foi nomeado, nesta segunda-feira, ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social.

  • 05/04/2020 23:48:27

    Covid-19: Desobediência e desacato persistem

    Luanda - A desobediência de alguns cidadãos, a resistência e agressão às forças de defesa e segurança, continuam a marcar, pela negativa, o regime de Estado de Emergência em vigor no país desde o dia 27 de Março, para prevenir a propagação do novo Coronavírus (Covid-19).

  • 04/04/2020 21:24:28

    COVID - 19: Encerrados 35 mercados no país

    Luanda - Trinta e cinco mercados informais, entre os quais o do Kikolo (Luanda), um dos maiores do país a céu aberto, e 49 estabelecimentos comerciais foram encerrados pelas autoridades por insolubilidade, no âmbito das medidas para conter a propagação do novo Coronavírus.