Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Abril de 2020 | 14h40 - Actualizado em 08 Abril de 2020 | 11h45

GPL beneficia de apoios financeiros e produtos de higiene

Luanda - O Governo da Província de Luanda (GPL) recebeu, nesta terça-feira, um milhão de kwanzas e 48 caixas com frascos de álcool etílico, iniciativa da Record TV Angola e da JMPLA, para fazer face ao combate e prevenção da Pandemia covid-19.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Governador de Luanda, Luther Rescova (à dir.), recebe bens de primeira necessidade

Foto: Nelson Malamba

Da oferta da Record TV Angola, constam ainda 300 pastas de dente, igual número de escovas de dentes e de sabonete, 20 ventoinhas e oitos pacotes de papel higiénico.

Os produtos entregues pelo primeiro-secretário da JMPA, Crispiniano dos Santos,  e pelo director-executivo da TV Record/Angola, Fernando Teixeira, serão distribuídos aos centros de Viana, Cacuaco e Belas.

Já o valor monetário servirá para a aquisição de medicamentos e outros meios de apoio às crianças e adolescentes em regime de internato no Centro de Acolhimento dos Ramiros.

Falando à imprensa no final da cerimónia de entrega dos bens, o primeiro-secretário nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos, referiu que a organização juvenil do partido no poder em Angola respondeu ao apelo do GPL, contribuindo, desta forma, para os esforços da prevenção e combate ao covid -19.

O mesmo sentimento foi manifestado pelo director-executivo da TV Record/Angola, Fernando Teixeira, referindo que a empresa se junta, desta forma, ao combate  a esta pandemia que afecta Angola, em particular, e o mundo, em geral.

O governador Sérgio Luther Rescova  referiu que os meios serão distribuídos nos três centros  existentes na província de Luanda.

Adiantou que o GPL  pretende manter  estes locais, para que sirvam de lar de  acolhimento das crianças desfavorecidas.

Informou que o GPL continua a trabalhar para criar condições, a fim de que os Centros de Cacuaco e Viana estejam à altura para receber novas crianças.

O Centro dos Ramiros, de acordo com o governante, tem quase a sua lotação esgotada.

Luanda conta com  três centros de acolhimento nos municípios de Viana, Cacuaco e Belas, vocacionados para receber 300 crianças e adolescentes.

O Centro de Acolhimento dos Ramiros, criado para albergar crianças  e adolescentes  contra a pandemia do coronavírus, tem, nas suas instalações, mais de 250 elementos internados e beneficiou, recentemente, de mil colchões.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 03/04/2020 15:18:31

    Centro provisório de Viana alberga mais de cem pessoas de rua

    Luanda - Cento e cinco pessoas, entre adultos e crianças que viviam na rua, estão integrados desde a passada segunda-feira, no Centro Provisório de acolhimento do Distrito Urbano do Kikuxi, no município de Viana, em Luanda, devido ao risco de contraírem a COVID-19.

  • 02/04/2020 21:54:06

    Vendedoras "forçam" vendas no 30

    Luanda - As vendedoras do mercado do 30 estão a acatar, de forma parcial, a orientação da Administração de Viana para a suspensão dos negócios no período de Estado de Emergência.

  • 26/03/2020 16:41:07

    PN desmantela grupos de marginais no Cazenga

    Luanda - Três grupos de marginais, composto por seis elementos cada, envolvidos em vários crimes no município do Cazenga, em Luanda, foram desmantelados durante a operação policial "Cazenga tranquilo".