Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

05 Junho de 2020 | 18h10 - Actualizado em 05 Junho de 2020 | 21h56

Mais de 18 mil Bilhetes de Identidade por se levantar em Benguela

Benguela - Dezoito mil e seiscentos e vinte e dois (18.622) Bilhetes de Identidade (BI) encontram-se abandonados nos postos de emissão do Serviço de Identificação Civil da província de Benguela, informou hoje, sexta-feira, nesta cidade, a delegada local da Justiça e dos Direitos Humanos, Paula Correia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

campanha de emissão do BI (ARQUIVO)

Foto: Pedro Parente

Segundo a responsável, que falava em conferência de imprensa, o sector emite em média nove a dez mil Bilhetes de Identidade/mês em toda a província, com o prazo de levantamento a rondar os sete dias.

Entretanto, explicou Paula Correia, muitos cidadãos que, na maior parte das vezes, trata o BI a custo zero, acaba por não o levantar nos prazos devidos.

A delegada local da Justiça e dos Direitos Humanos referiu que esses cidadãos abandonam os BI nos potos de Identificação porque acham que, com o recibo, podem resolver tudo, o que não é verdade.

“Só em 2019, foram tratados 119.621 BI's, dos quais 18.622 continuam nos nossos postos. Esses documentos, embora muitas vezes não tenham custos para os cidadãos, têm um custo elevado para o estado angolano”, salientou.

Na mesma senda, Paula Correia afirmou que o executivo tem trabalhado para garantir a cidadania aos angolanos, começando pelo registo civil e culminando com o BI, a custo zero.

Para inverter o actual quadro, a Delegação da Justiça de Benguela vai trabalhar na divulgação, através de listas, dos nomes de pessoas com BI por levantar e que serão afixadas nas administrações municipais, igrejas, organizações não governamentais e onde for preciso.

“Vamos também fazer alguns anúncios publicitários, quer em língua portuguesa como em língua nacional umbundo, para que a informação seja amplamente divulgada e os cidadãos possam aparecer nos nossos serviços e levantar os seus documentos”, concluiu.

Leia também
  • 04/06/2020 17:27:02

    Centro de produção radiofónica do Cubal recebe meios

    Benguela - O Centro de produção do grupo Rádio Nacional de Angola instalado no município do Cubal, 150 quilómetros a leste da cidade de Benguela, recebeu nesta quarta-feira alguns meios de trabalho para dinamizar os seus serviços na região, soube hoje, quinta-feira, a Angop.

  • 04/06/2020 17:22:01

    Benguela regista 203 casos de violência contra criança

    Benguela - A província de Benguela registou, de Janeiro a Maio do corrente, 203 casos de violência contra criança, com realce para a fuga a paternidade com 173 casos, informou hoje, quinta-feira, a directora provincial do INAC, Rosa Francisco.

  • 04/06/2020 17:16:20

    Fiscalização apreende meios usados na exploração ilegal de inertes

    Baía Farta - Três camiões e duas máquinas retroescavadoras, usados na exploração ilegal de inertes nas áreas do Saco e Calombolo, município da Baía Farta, foram apreendidas nesta quarta-feira pelos Serviços locais de Fiscalização, apurou hoje, a Angop.