Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

08 Agosto de 2020 | 14h42 - Actualizado em 08 Agosto de 2020 | 14h42

Covid-19: Oitenta cidadãos detidos por violarem medidas

Ndalatando - Oitenta cidadãos, de ambos os sexos, foram detidos no município do Cazengo, província do Cuanza Norte, pela Polícia Nacional, durante a cerca sanitária imposta à circunscrição, por violarem as medidas de prevenção à covid-19.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dístico do COVID-19, novo Coronavírus

Foto: Divulgação

O facto foi dado a conhecer hoje, sábado, em Ndalatando, pelo comandante da Polícia Nacional no Cuanza Norte, comissário António da Conceição Neto, aos participantes à primeira Sessão Extraordinária do Conselho Provincial de Auscultação da Comunidade, que decorre nesta cidade, sob orientação do governador provincial, Adriano Mendes de Carvalho.

António Neto prestou tal informação quando fazia o ponto da situação de segurança pública da província, durante a vigência do Decreto Presidencial nº 184/20, de 8 de Julho, que instituiu cerca sanitária de 30 dias ao município do Cazengo e província de Luanda.

Adiantou que do total dos cidadãos, 63 foram detidos por não uso da máscara facial e seis por violação à cerca sanitária.

Constam ainda 11 cidadãos detidos por violação do horário de atendimento dos estabelecimentos comerciais, dos quais oito foram julgados e condenados a três meses de prisão, com pena suspensa, cada um.

Acrescentou que durante este período foram também aplicadas e cobradas diversas multas no valor de 315 mil kwanzas, por desobediência a obrigatoriedade do uso da máscara e 120 mil, por violação do horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais.

Disse que para manter a inviolabilidade da cerca sanitária foram montadas 16 barreiras policiais na cidade de Ndalatando e arredores.

Foram também montados seis postos de fiscalização nas áreas do Zenza-do-Itombe (limite Luanda/Cuanza Norte), Kiamafulo (limite entre os cuanzas Norte e Sul), bem como nas áreas de Lucala II, Cambondo, Cabinda e Pedreira, no limite entre Cazengo e os municípios de Cambambe, Golungo Alto e Lucala, respectivamente.

Estes postos de controlo permitiram o rastreamento, através de aferição de temperatura, a 17 mil 527 cidadãos, dos quais 239 estrangeiros, e a sensibilização de 10 mil e 20 pessoas sobre as medidas de prevenção à Covid-19.

Salientou que as acções foram realizadas no decurso de uma operação denominada “Calamidade”, que incluiu os 10 municípios da província, com o objectivo de impor o cumprimento das medidas de prevenção ao novo coronavírus, constantes do Decreto Presidencial 184/20, de 8 de Julho.

A operação consubstanciou-se na recolha de cidadãos que circulavam na via pública sem o uso de máscaras faciais e sem motivo.

Durante a acção, foram também encerrados diversos estabelecimentos comerciais que procediam as vendas fora do horário recomendado pelo diploma referido, bem como dispersados alguns ajuntamentos resultantes de convívios familiares e outros.

Cazengo (Cuanza Norte) e Luanda estão submetidas a cerca sanitária, desde a 9 de Julho e vai até domingo ( nove do corrente mês).

Durante a sessão extraordinária do Conselho Provincial de Auscultação da Comunidade, os participantes balancearam os níveis de arrecadação de receitas e de execução do Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2019, na província.

Tomaram também conhecimento sobre o OGE de 2020 revisto para a província, o ponto de situação dos projectos inseridos no Plano Integrado de Intervenção aos Municípios (PIIM), bem como o plano de Acção do governo da província para 2021 e suas perspectivas de desenvolvimento Integrado.

Leia também
  • 08/08/2020 14:30:22

    Covid-19: MPLA lança campanha de sensibilização

    Mbanza Kongo - Uma campanha de sensibilização denominada "A sua saúde é a minha, acima de tudo" foi lançada este sábado na localidade do Sumpi, município de Mbanza Kongo, pelo Comité Provincial do Zaire do MPLA, no âmbito das medidas de prevenção contra a Covid-19.

  • 08/08/2020 14:15:24

    Covid-19: JMPLA leva sensibilização no mercado de Oshomukuyo

    Ondjiva - Os comerciantes do mercado informal do Oshomukuyo, arredores de Ondjiva, foram informados hoje, sábado, sobre as medidas de prevenção da Covid-19, durante uma campanha de sensibilização promovida pelo secretariado provincial da JMPLA no Cunene.

  • 08/08/2020 12:24:11

    Campanha prevê vacinar sete mil animais contra raiva em Malanje

    Luquembo - Cerca de sete mil animais de estimação começaram a ser vacinados este mês nos municípios de Luquembo, Quirima, Cambundi Catembo, Quela e Mucari, pelo Departamento dos Serviços Veterinários do Gabinete Provincial da Agricultura e Pescas de Malanje.