Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

01 Outubro de 2020 | 20h23 - Actualizado em 01 Outubro de 2020 | 20h23

Caconda ganha central térmica com investimento do PIIM

Lubango - Uma central térmica diesel de produção de energia com capacidade para fornecer mil e 100 kilowatts à vila de Caconda e mais seis bairros periféricos da sede municipal, na província da Huíla, está a ser construída, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Postes para instalação da central térmica de Caconda

Foto: Morais Silva

Huíla: Acto de consignação - administrador Nandim Capenda (à direita)

Foto: Morais Silva

Actualmente, o município tem energia eléctrica de um gerador, com capacidade de 150 KVA, que fornece somente a 500 residências da vila sede do município, mas, com a nova central, mais duas mil residências terão acesso à luz.

O acto do lançamento da primeira pedra, para a construção da mesma numa área de 2.5 metros quadrados, aconteceu nesta quinta-feira, na circunscrição, sob a orientação do administrador municipal, Nandim Capenda.

As obras terão a duração de 180 dias e estão e decorrer no bairro da Bembwua, nas proximidades do comando municipal da Polícia Nacional e estão orçadas em mais de 200 milhões de kwanzas.

Em declarações à imprensa, o administrador Nandim Capenda solicitou ao empreiteiro o cumprimento de prazos estabelecido para a execução da obra, para que a população possa em tão pouco tempo usufruir deste serviço social básico.

No município de Caconda estão alistados dez  projectos do PIIM, designadamente a construção de duas escolas de sete salas de aula, a conclusão de uma outra de 14 salas, a construção e apetrechamento de um posto de saúde, construção e apetrechamento de um bloco operatório, bem como a conclusão de um posto de saúde, avaliados em dois mil milhões, 28 milhões, 139 mil e 238 kwanzas.

O município tem uma população estimada em 180 mil habitantes e fica a 230 quilómetros a norte do Lubango, capital da província.

Assuntos Energia   Província » Huíla  

Leia também
  • 01/10/2020 18:22:26

    Huíla com défice no abastecimento de energia

    Lubango - Com o surgimento de novos bairros nos municípios do Lubango, Matala, Chibia e Quipungo, na Huíla, a Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE) está com um défice de 20 megawatts, que dura já quatro meses, mas que se intensificou em Setembro.

  • 30/09/2020 17:26:33

    Inaugurado memorial para vítimas do Munhino

    Lubango - O memorial em homenagem às vítimas do acidente ferroviário ocorrido há dois anos na zona do Munhino, província do Namibe, foi inaugurado esta quarta-feira, pelo presidente do Conselho de Administração do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes, Daniel Quipaxe.

  • 30/09/2020 11:55:13

    Gambos reclama da pouca intervenção social das mineradoras

    Gambos - As comunidades dos municípios dos Gambos, na Huíla, potencial em reservas de rochas ornamentais sentem pouco a intervenção das empresas mineradoras, no segmento da responsabilidade social.