Terça, 26 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Morreu ex-presidente do Zimbabwe Robert Mugabe


06 Setembro de 2019 | 06h33 - Actualizado em 07 Setembro de 2019 | 06h32

Primeiro presidente do Zimbabwe pós-indepedência, Robert Mugabe (Foto arquivo)

Foto: ALEXANDER JOE



Harare - O primeiro presidente do Zimbabwe pós-indepedência, Robert Mugabe, morreu por doença nesta sexta-feira, em Singapura, aos 95 anos de idade, confirmou a família à BBC.


Robert Mugabe, que nasceu em 21 de Fevereiro de 1924 na antiga Rodésia (actual Zimbabwe), liderou os destinos do país durante cerca de 37 anos.

Mugabe ficou preso por mais de uma década sem julgamento, depois de criticar o governo da Rodésia em 1964.

Em 1973, ainda na prisão, foi escolhido como presidente da União Nacional Africana do Zimbabwe (Zanu), da qual era membro fundador.

Em 1960, regressa à Rodésia do Sul e, em 1963, depois de abandonar a ZAPU de Joshua Nkomo, funda o seu próprio partido, a União Nacional Africana do Zimbabwe (ZANU).

Preso, em 1964, Robert Mugabe licencia-se por correspondência em economia e direito.

Libertado em 1975, vai à Moçambique, assume a direcção do braço armado da ZANU, e lança uma guerrilha contra o regime minoritário de Ian Smith que, em 1965, proclamara unilateralmente a independência do país.

A guerra contra a minoria branca dura de 1975 a 1979, e provoca cerca de 30 mil mortes. Neste período, a ZANU e a ZAPU criam a Frente Patriótica,  co-liderada com Joshua Nkomo, apoiada pelos cinco países da linha da frente, nomeadamente Angola, Botswana, Moçambique, Tanzânia e Zâmbia.

Negociações são iniciadas, em Londres, entre os representantes da guerrilha e o poder branco, que terminam em 1979, com os acordos de Lancaster House.

A 18 de Abril de 1980, Mugabe torna-se Primeiro-ministro do Zimbabwe, depois das eleições gerais, formando um governo composto por elementos da ZANU e da ZAPU, e toma medidas para melhorar as condições de vida dos negros.

Três por cento dos brancos que compunham a população zimbabweana ocupa 20 % dos lugares no Parlamento.


Lança uma reforma agrária, e os primeiros confiscos de terra provocam uma catástrofe agrícola, por o Reino Unido não ter indemnizado os brancos como prometido no quadro do Acordo de Lancaster House.

Em 1987, a ZANU e a ZAPU fundem-se em ZANU-PF,  Mugabe é eleito Presidente do país, reeleito em 1991 e em 1996.

Os brancos perdem todas as terras e abandonam o país.

A crise acentua-se, ele é forçado a demitir-se, em Novembro de 2017, substituído na presidência pelo seu antigo braço-direito, Emmerson Mnangagwa.