Terça, 19 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Diretor-geral da OMS em quarentena sanitária


02 Novembro de 2020 | 18h50 - Actualizado em 02 Novembro de 2020 | 20h03

director-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus (Foto arquivo)

Foto: Pedro Parente



Genebra - O director-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, anunciou ter-se submetido à quarentena depois de ter estar em contacto com uma pessoa testada positiva à covid-19.


Num tweet publicado na noite de domingo, Ghebreyesus disse ter sido identificado como um contacto de uma pessoa testada positiva à covid-19.

"Estou bem e sem sintomas, mas vou entrar em quarentena nos próximos dias, de acordo com os protocolos, e trabalhar em casa”, acrescentou.

Afirmou que "é extremamente importante que todos nós cumpramos com as diretrizes sanitárias."

A seu ver, é assim que se quebra as cadeias de transmissão da covid-19, se remove o vírus e se protege os sistemas de saúde.

O mundo passa para uma segunda onda da pandemia que tem causado estragos em todo o mundo, cujos efeitos são particularmente sentidos na Europa e nos Estados Unidos, refere-se.

A OMS declarou a covid-19 uma "emergência sanitária e de preocupação de alcance global a  30 de janeiro de 2020, tendo, de seguida, chamado o fenómeno de "pandemia", a 11 de março de 2020.