Sábado, 16 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

CNJ planta 250 árvores no Tômbwa


12 Agosto de 2020 | 21h56 - Actualizado em 12 Agosto de 2020 | 21h55

largo da Cidade do Tômbwa

Foto: Anabela do Céu Fritz



Moçamedes- Duzentas e cinquenta arvores de espécie espinheiras foram plantada hoje, quarta-feira, no município do Tômbwa, província do Namibe, pelos membros do Conselho Nacional da Juventude (CNJ).


Actividade inserida no programa festivo do Dia  Internacional do Juventude, visa contribuir no combate  a desertificação e contenção do avanço  das areias no município do Tômbwa.

Segundo o secretário provincial do conselho da juventude, Sténio de Boavida Savazuca, é necessário a criação de políticas que visam a mudança de comportamento  das comunidades em relação ao abate indiscriminado de árvores para o fabrico de carvão e lenha.

“O importante é sensibilização as comunidades, incutindo nelas a importância da plantação de uma árvores e do seu cuidado para que, futuramente, possamos criar espaços verdes que atrai a beleza paisagística do município”, acrescentou.

O município do Tômbwa beneficiou, no período de 2014 a 2018, de um projecto anti-desertificação, destinado à contenção das areia, com a plantação de 22 mil e 500 árvores de diferentes espécies.

O projecto conta com uma extensão de 8 mil metros e uma largura de 100 metros, tendo sido plantadas 22 mil e 500 árvores de espécie Tamarix e a substituição das plantas que ao longo do ciclo vegetativo não poderão se adaptar ao clima.

Dentro do referido projecto contemplou ainda a construção de algumas infra-estruturas, como um centro logístico, uma residência do tipo T3 e quatro naves de produção de plantas e outras espécies de hortícolas e citrinos.

O município do Tômbwa dista a 93 quilómetros a sul da província do Namibe e possui mais de cinquenta mil habitantes na sua maioria pescadores e pequenos camponeses.