Terça, 26 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

António Barbosa deixa de orientar Desportivo da Huíla


21 Abril de 2010 | 12h45 - Actualizado em 21 Abril de 2010 | 12h44

Futebol


Lubango – O Desportivo da Huíla e o treinador António Barbosa poderão romper o vínculo contratual que os une há dois anos, depois de ter substituído Agostinho Tramagal no final da temporada de 2008.

À frente do Desportivo desde 23 de Dezembro de 2008, António Barbosa deixou de orientar a equipa no empate diante do Interclube (0-0), na quarta jornada, estando os militares a serem treinados pelo adjunto Joaquim Finda "Mozer".

Na direcção do clube o silêncio é total, mas fonte da Angop disse que a qualquer momento deverá esclarecer o caso em comunicado.

A fraca prestação da equipa, oito pontos (décima primeira posição) dos 21 possíveis, pode ser a razão da atitude do clube liderado pelo general Apolo Yakuvela.

Em sete jornadas, obteve duas vitórias, dois empates e igual número de derrotas.

António Barbosa já esteve à frente do comando técnico do Desportivo da Huíla em 2005, quando disputou a segunda divisão e colocou a equipa no escalão maior, tendo passado posteriormente a técnico-adjunto do 1º de Agosto e regressou três anos depois. 

Na oitava jornada, o Desportivo desloca-se à vila do Soyo para defrontar a Académica local.

O Desportivo foi fundado a 7 de Março de 1998, resultado da vontade de um grupo de pessoas interessadas no desenvolvimento do desporto, liderados por Francisco Furtado, presidente honorário do conjunto afecto à Região Militar Sul.