Sábado, 23 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Futebol: Ministra apela presença massiva no 11 de Novembro


12 Novembro de 2019 | 15h58 - Actualizado em 12 Novembro de 2019 | 15h57

Luanda - A ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento Neto, apelou hoje, em Luanda, à presença massiva do público no estádio 11 de Novembro, visando puxar quarta-feira (20h) pela vitória da selecção nacional frente à Gâmbia, em jogo qualificativo para o CAN 2021, nos Camarões.


De acordo com a governante que falava à Rádio 5 sobre a partida referente à primeira jornada do grupo D, não obstante ser num período (20h) que pouco se joga naquele campo, a presença dos adeptos ajudará a inibir o rival e consequentemente a motivar os Palancas Negras rumo ao triunfo.

Ana Paulo Sacramento Neto referiu igualmente à necessidade dos presentes no 11 de Novembro encararem  o resultado do  duelo com responsabilidade e “fair Play”,  desencorajando comportamento desviante, com realce para o acto de vandalismo, susceptível de penalização.

Trabalham às ordens do seleccionador Pedro Gonçalves os atletas Toni Cabaça, Landu, Nsesani, Diógenes, Nandinho, Isaac, Quinito, Wilson, Bastos, Tó Carneiro, Além, Herenilson, Ito, Yano, Mano Calesso, Geraldo, Liliano, Messias, Núrio Furtuna, Fredy, Show, Fábio Abreu, Mateus Galiano, Vá, Gelson e Wilson Eduardo.

Os Palancas Negras, actuais 31º posicionados  do ranking da CAF e 120º da FIFA, já marcaram presença por oito vezes nesta cimeira do futebol africano: África do Sul (1996), Burkina-Faso (1998), Egipto (2006), Ghana (2008), Angola (2010), Gabão/Guiné-Equatorial (2012), África do Sul (2013) e Egipto (2019).

Já os gambianos, 47º na CAF e 166º na FIFA, nunca estiveram numa fase final do CAN.

No outro jogo deste grupo, a RDC recepciona o Gabão, na quinta-feira.