Sábado, 28 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Resenha: Conquista no futebol com muletas e caso Capita marcam semana desportiva


13 Outubro de 2019 | 20h02 - Actualizado em 14 Outubro de 2019 | 16h36

Luanda - A conquista de Angola no CAN de futebol com muleta, a polémica no caso Capita, a disputa da supertaça Vlademiro Romero e mais uma jornada do Girabola2019/20 marcaram a semana desportiva.


No desporto adaptado, a selecção nacional conquistou o V campeonato Africano de futebol com muletas, ao vencer na final a Nigéria, por 2-0. A prova, que decorreu em Benguela, viu ainda o angolano Celestino Elias a ser eleito o MVP.

Já o futebol ficou manchado com a polémica do jovem Capita, que viu-se impedido, pelo 1º de Agosto, de viajar na passada quarta-feira, com a selecção nacional sub-17, que vai participar no Campeonato do Mundo da categoria, no Brasil.

Depois de muitos pronunciamentos, quer da ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, quer de agentes desportivos, a formação militar recuou na sua decisão e  deixou de colocar qualquer obstáculo à integração do atleta no combinado nacional, permitindo que o mesmo viajasse na madrugada de sábado, para se juntar aos colegas no Brasil.

Ainda a nível do desporto rei, disputou-se mais uma jornada do Girabola2019/20, com o 1º de Agosto a derrotar o Interclube, por 1-0, no principal jogo da oitava ronda. Com o triunfo, a formação do rio seco reassumiu a liderança do campeonato, com 18 pontos. O Petro de Luanda também venceu o Cuando Cubango FC, por 3-1, e agora é quarto, com 17.

Já no basquetebol, o Petro de Luanda conquistou a supertaça Vlademiro Romero, ao vencer o 1º de Agosto, por 88-84, elevando para sete o número de troféus, contra 13 dos militares.

No andebol, A equipa sénior feminina de andebol do 1º de Agosto conquistou , em Cabo Verde, a taça dos clubes campeões africanos pela sexta vez consecutiva, ao vencer na final as compatriotas do Petro de Luanda, por 18-16.

Já em masculino, o Interclube ficou com a medalha de bronze, ao derrota o JSK do Congo Democrático, por 24-21, com 13-11 ao intervalo, no jogo das classificativas.

No hóquei em patins, a Académica de Luanda conquistou a Taça de Angola pela sexta vez consecutiva, ao derrotar o Petro de Luanda, por 6-4.