Sexta, 27 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Franco-angolano na selecção francesa


28 Agosto de 2020 | 23h37 - Actualizado em 29 Agosto de 2020 | 06h34

Camavinga (Dir) - jogador angolano que milita no Rennes de França Foto: Foto divulgação

Luanda - O franco-angolano Eduardo Camavinga, que actua no Rennes de França, foi convocado para representar aquele país nos jogos da Liga das Nações da UEFA.


Convocado para substituir Pobga que testou positivo à covid-19, o atleta nascido na província de Cabinda (Norte de Angola), residente em França desde criança, pode merecer a confiança do seleccionador Didier Deschamps nos desafios contra a Suécia (dia 5 de Setembro) e contra a Croácia (a 8 do mesmo mês).

"Pobga estava na lista, mas realizou um teste quarta-feira e acusou positivo. Para o seu lugar, chamei Eduardo Camavinga", afirmou Deschamps, citado pelo jornal francês "L'EQUIPE".

O médio de 17 anos de idade pode tornar-se o jogador mais jovem a evoluir pela selecção francesa desde a Segunda Guerra Mundial.

Camavinga fez sua estreia no Rennes aos 16 anos de idade. Na última temporada realizou 25 partidas, contribuindo decisivamente para que o conjunto se classifica-se para a Liga dos Campeões, mercê do terceiro lugar quando a Ligue 1 foi reduzida em meio à pandemia da covid-19.

"Talvez seja um pouco cedo, mas o que ele faz em campo, é sentido", disse Deschamps, ao anunciar a convocatória na quinta-feira.

Nascido em Miconje, o médio esteve perto de ser convocado para a selecção nacional que participou no Campeonato do Mundo de Sub-17, em 2019, no Brasil, mas a pretensão da equipa técnica não chegou a concretizar-se.

Apesar de ter sido agora chamado para a selecção do seu país de crescimento, o atleta pode ainda, por decisão própria, jogar pela sua terra natal (Angola) quando completar 21 anos, segundo o regulamento da Federação Internacional de Futebol neste quesito.

Nesta sexta-feira, a Angop tentou contactar membros de direcção da Federação Angolana de Futebol (FAF), para reagirem à convocatória do atleta, mas sem sucesso.