Quarta, 20 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Governo aumenta apoio às famílias camponesas


17 Outubro de 2019 | 16h02 - Actualizado em 17 Outubro de 2019 | 16h01

Retrato de famílias camponeses.

Foto: Estevão Manuel



Ondjiva - Cento e 30 toneladas de sementes diversas estão disponíveis para distribuição às famílias camponesas da província do Cunene, que estão envolvidas na campanha agrícola 2019/2020, mais 105 toneladas em relação ao período anterior.


Entre as sementes constam 50 toneladas de semente de massango e igual número de massambala, 20 de milho e 10 de feijão. Já nos fertilizantes estão preparados 60 toneladas de adubos tipo NPK , 40 de ureia, 40 de aldeburgha e 20 de sulfatos de Amónio.

Em declarações, hoje, quinta-feira, à ANGOP, o director da Agricultura no Cunene, Pedro Tibério, disse que o sector conta ainda com cinco mil charruas, mil e 500 catanas, 900 enxadas europeias, 600 limas e 250 machados, para preparação de 250 mil hectares de terra aráveis.

Fez saber que apresente campanha agrícola a nível do país foi aberta dia 16 deste mês, na província de Malanje e no Cunene, está marcada para o próximo dia 26 e prevê o envolvimento de 120 mil famílias camponesas.

Este ano, o objectivo passa pelo reforço dos apoios no sentido de assegurar as famílias no acesso aos instrumentos de trabalho com vista aumentar a produção e  bons resultados na fase da colheita, referiu.

Devido a escassez de chuva no Cunene, a campanha agrícola 2018/2019 ficou comprometida, sem colheita nos 205 mil hectares onde estiveram envolvidos 99 mil camponeses.