Domingo, 17 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Inadec incinera peixe em mau estado de conservação


13 Janeiro de 2020 | 17h25 - Actualizado em 13 Janeiro de 2020 | 18h08

Caxito - O Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec), no Bengo, incinerou hoje (segunda-feira) 266 caixas de peixe em mau estado de conservação, apreendidas em estabelecimentos comerciais, na localidade do Sassa Cária, no município do Dande.


Constam dos produtos incinerados, segundo declarações do responsável do Inadec, Domingos Ventura Felgueiras, 136 caixas de peixe espada, 96 de cachucho e 34 de sardinha. 

O responsável disse que a apreensão destes bens alimentares nocivos à saúde humana resultou de denúncias de consumidores.

Domingos Ventura Felgueiras aconselhou os consumidores no sentido de denunciar eventuais actos de infracções comerciais para desencorajar os autores dessas práticas que violam a Lei de Defesa do Consumidor.

Na província do Bengo, o Inadec registou 88 infracções contra 66 transgressões notificadas em 2018, o que permitiu a arrecadação de um milhão e 404 mil kwanzas.  

Nesse período foram notificadas 55 instituições comerciais contra 12 do período homólogo, como resultado de 149 visitas de fiscalização.

O Inadec é a entidade pública destinada a promover a política de salvaguarda dos Direitos dos Consumidores, bem como coordenar e executar as medidas tendentes à sua protecção, informação e educação, e de apoio às organizações de consumidores.