Quinta, 03 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Soba Catumbela reajusta produção


06 Março de 2020 | 16h34 - Actualizado em 06 Março de 2020 | 16h33

Vista parcial do interior de uma cervejeira (arquivo) Foto: Custodia Cinela

Lobito - A fraca demanda dos seus produtos, acrescida ao impacto do Imposto sobre Valor Acrescentado (IVA) na venda das mercadorias, obrigaram a empresa cervejeira privada Soba Catumbela a reduzir o volume de produção, apurou hoje, sexta-feira, a Angop.


Em consequência deste facto, a empresa despediu no final do ano passado acima de trinta trabalhadores e reduziu a sua produção na ordem dos 30 por cento, segundo o director comercial, Jorge Arrulo, que se recusou a revelar o volume actual de produção.

Dados indicam que em 2018, a fábrica produziu cerca de 570 mil hectolitros de cerveja.

Em relação aos trabalhadores despedidos, o director informou que, além da indemnização, a empresa ofereceu cursos de empreendedorismo aos interessados, no sentido de  organizarem pequenos negócios.

Manifestou, no entanto,  optimismo, dizendo que  “devemos nos adaptar às novas circunstâncias, mas também temos  a esperança de que as coisas se alterem”.

Já o chefe da divisão de produção, Nuno Simões, revelou, a título de exemplo, que, neste momento, a empresa está a trabalhar com duas linhas que estão a produzir 35 mil garrafas de cerveja Cuca de 310 mililitros por hora, cifra que pode subir dependendo das circunstâncias.

No que toca às matérias-primas, a fábrica está a importar apenas o malte, a partir da Bélgica, França e  Alemanha. O arroz utilizado é de produção nacional.

Sobre o processo de produção, revelou não ter havido grandes constrangimentos, tirando a reparação  ou substituição daquelas peças de desgaste devido ao limite de uso ou pequenas avarias.

Por outro lado, o  administrador do município da Catumbela, Fernando Belo, que visitou hoje a fábrica, é de opinião que ela  tem boa sustentabilidade, embora a conjuntura económica actual não seja favorável para qualquer empreendedor.

Adiantou  ainda que aproveitou  a visita para constatar o estado da via de acesso  à Soba Catumbela, que culmina na Praia Bebé (zona agrícola) e encontra-se em mau estado de conservação.

“A intervenção nesta via está enquadrada no pacote do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e dentro de dias vamos adjudicar a obra” garantiu o administrador.

A empresa cervejeira Soba Catumbela, localizada no município com o mesmo nome,  foi inaugurada em 2004 pelo Grupo Castel Angola.