Sábado, 28 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Trinta e um agentes asseguram RAPP no Zaire


02 Julho de 2020 | 13h19 - Actualizado em 02 Julho de 2020 | 13h19

Mbanza Kongo - Trinta e um agentes vão, a partir da segunda quinzena deste mês, assegurar o Recenseamento Agro-pecuário e Pescas (RAPP) na província do Zaire, lançado formalmente a 20 de Setembro de 2019 no país.


De acordo com a coordenadora provincial adjunta do RAPP, Dora Victorina Luzolo, que falava hoje, quinta-feira, à imprensa, em Mbanza Kongo, os agentes de campo, apurados por via de um teste, beneficiaram de uma formação em matérias afins.

O RAPP destina-se a recolha de dados fiáveis sobre a agricultura, criação de animais e pescas a nível da região, de modo a conhecer o volume de produção, localização e os meios utilizados nesta actividade.

Apurar o número de criadores de animais, pescadores e as condições como são exercidas estas profissões figuram também na lista de objectivos  do RAPP, segundo a responsável, que falava no final de um encontro de sensibilização sobre a matéria, com produtores, administradores municipais e membros da sociedade civil.

O RAPP será realizado em aldeias, bairros, comunas e municípios do país, cujas informações ajudarão o Executivo a criar melhores condições para apoiar as actividades dos agricultores, criadores de animais e pescadores.

Este recenseamento está a cargo do Ministério da Economia e Planeamento, através do Instituto Nacional de Estatística (INE), em parceria com o Ministério da Agricultura e Pescas.