Quarta, 25 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Governo do Bié reitera aposta na agricultura familiar


07 Julho de 2020 | 19h45 - Actualizado em 07 Julho de 2020 | 19h49

Cuito - O vice-governador da província do Bié para área política, social e económica, António Manuel, reafirmou hoje (terça-feira), no Cuito, que o Executivo vai continuar a investir na agricultura familiar, com vista a garantir a segurança alimentar nos próximos anos.


Ao falar na abertura da Jornada Comemorativa do Dia da Mulher Africana, que se assinala a 31 deste mês, o responsável ressaltou que a medida visa a diversificação da economia do país e a redução das importações, passando pelo aumento dos níveis de produção e colheita de diversas culturas.

Para António Manuel, a aposta na agricultura familiar tem tido “impacto positivo”, justificando que diminui o nível de pobreza, através da implementação de pequenos negócios.

O Governo, através das administrações municipais, tem apoiado  com inputes, sementes e outras ferramentas necessárias para que os camponeses associados e não só aumentem, cada vez mais, a produção agrícola na província.

Na campanha agrícola 2018/2019, o Governo, através do Ministério da Agricultura e Florestas, distribuiu aos camponeses da região cinco mil toneladas de fertilizantes.

Segundo o director do gabinete provincial da Agricultura, Floresta e Pescas, Marcolino Sandemba, na presente campanha agrícola (2019-2020) foram colhidas 800 mil toneladas de produtos diversos, com realce para cereais (milho e arroz) e hortícolas.

A colheita é feita por mais de 101 mil famílias, assistidas através do projecto Mosap II, no âmbito do Programa Rural e de Fomento à Agricultura na província.

Com um milhão 455 mil 255 habitantes, a província controla 1.321 associações de camponeses e perto de 850 escolas de campo, das mil e 360 previstas, até 2021.