Sexta, 27 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Icolo e Bengo cria estratégia para aumento da produção agrícola


23 Julho de 2020 | 11h13 - Actualizado em 23 Julho de 2020 | 11h40

Luanda - O município de Icolo e Bengo está a recapitalizar cooperativas e associações agrícolas para aumentar a produção e diversificar a economia nacional, disse hoje (quinta-feira) o director municipal da Agricultura e Pesca, João Domingos.


Em entrevista à Angop, o responsável referiu que parte desta estratégia assentou na aquisição de sementes, electrobombas, aparelhos de combate a insectos, instrumentos agríocolas (catana, enxada, ancinho e limas), bem como a lavoura de 40 hectares de terra baldia.

“Estes meios foram entregues a duas cooperativas locais que elegeram a produção de hortícolas, devido ao período de cacimbo (frio)”, sublinhou.

Em perspectiva, acrescentou, espera-se colher, até Setembro deste ano, cerca de 40 toneladas de hortícolas, com realce para tomate, cebola, couve, repolho e gindungo.

A Direcção Municipal da Agricultura e Pesca, em parceria com os agricultores locais, tem feito contactos com comerciantes, com vista ao escoamento dos referidos produtos.

“Temos agendados contactos com a direcção dos supermercados Kero, Nossosuper, Angomart, Shoprite e mercados informais, nomeadamente do 30, Kicolo e Kwanzas”, frisou.

Segundo o director, com a arrecadação financeira desta produção, vai-se dar início ao cultivo de milho, batata-doce, mandioca, inhame e batata-rena.

O município de Icolo e Bengo dista a 60 quilómetros a Leste da cidade capital (Luanda) e tem 81 mil 444 habitantes, possuindo 15 associações e 25 cooperativas agrícolas legalizadas.