Sexta, 04 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

IFC defende crédito de acordo às necessidades de Angola


12 Setembro de 2020 | 10h31 - Actualizado em 12 Setembro de 2020 | 10h31

Luanda - O representante da International Finance Corporation (IFC), Hector Gomez, defendeu esta sexta-feira a criação de soluções privadas que permitam ter um sistema que forneça o crédito e os produtos adequados às necessidades actuais e futuras de Angola.


Ao falar sobre “o Papel da Banca Angolana no crédito à economia em tempo de crise”, na 10ª edição do Fórum Banca, Hector Gomez adiantou que o contexto actual requer uma nova abordagem por parte dos bancos de desenvolvimento, e por isso é preciso soluções privadas que permitam ter um sistema que forneça o crédito e os produtos adequados para as necessidades de Angola.  

Presente em Angola desde 2019, a maior instituição global de desenvolvimento centrada no sector privado, membro do Grupo Banco Mundial, acredita que o caminho para desenvolver e construir um sistema financeiro robusto passa pela criação de parcerias, legitimidade e políticas baseadas em evidências e acções.  

Para Hector, as soluções passam pela capitalização dos bancos, garantias de crédito, infra-estrutura financeira, fundo de liquidez, trade finance, mercado de capitais, como diversos créditos empresariais, hipotecário, agronegócio, infra-esturura e consumidor.

“Estas soluções precisam de ser inclusivas, impulsionadoras, sustentáveis, transparentes e em escala. Devem ser capitalizadas com accionistas comprometidos com os sectores públicos e privados e desenvolver parcerias com outros participantes como fintech ou intermediários não financeiros,” defende Hector Gomez.

Com uma carteira de investimentos de USD 111 milhões e disponíveis para apoiar desenvolvimentos de projectos em Angola, a IFC está focada em quatro áreas principais, soluções para problemas do sector real, inclusão financeira, sistema financeiro eficiente e "climate finance".  

Sobre a IFC

A IFC, membro do Grupo Banco Mundial, é a maior instituição global de desenvolvimento voltada para o sector privado nos mercados emergentes.

Trabalha em mais de 100 países, usando o seu capital, conhecimentos técnicos e influência para criar mercados e gerar oportunidades nos países em desenvolvimento.  

No exercício financeiro de 2020, investiu USD 22 mil milhões em empresas privadas e instituições financeiras nos países em desenvolvimento, alavancando o poder do sector privado para erradicar a pobreza extrema e aumentar a prosperidade compartilhada.