Sexta, 27 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Fazendeiros têm 15 dias para legalizar terrenos


15 Setembro de 2020 | 15h11 - Actualizado em 15 Setembro de 2020 | 16h11

Moçâmedes - Os proprietários de terrenos e fazendas cedidas para fins agrícolas e pecuários, no Namibe, têm 15 dias para apresentar o título de concessão actualizado e o mapa comprovativo de indicadores de aproveitamento total ou parcial do terreno.


A medida consta de um edital do Governo da província, que determina o confisco das terras dos incumpridores, a favor de investidores interessados.

A propósito, o governador do Namibe, Archer Mangueira, apelou aos proprietários de fazendas para legalizarem as suas propriedades, de modo a haver maior controlo de superfícies agrícolas e impulsionar a actividade, bem como fomentar a prática da pecuária nesta região.

Em declarações à Angop, disse que o governo está a sensibilizar todos os detentores de espaços agrícolas para legalizarem as terras, sob pena de perderem para aqueles que pretendem utilizar os lugares, para o desenvolvimento da agricultura e pecuária.

O gabinete provincial da Agricultura na província do Namibe controla 322 fazendas, das quais 58 inactivas.

A província tem potencialidades no cultivo de hortícolas, como tomate, cebola, alho, pimenta, cenoura, couve, repolho, feijão, batata-doce e rena, bem como cereais, milho, massango e massambala.