Quarta, 02 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Sonangol com resultados líquidos de USD 125 milhões em 2019


22 Setembro de 2020 | 21h57 - Actualizado em 22 Setembro de 2020 | 21h56

Luanda - A Sonangol anunciou, esta terça-feira, resultados líquidos de 125 milhões de Dólares, equivalentes a 45 mil 854 milhões de Kwanzas, no seu exercício de 2019.


Em Comunicado de Imprensa a que a ANGOP teve acesso, a Sonangol indica que os resultados representam um forte crescimento de 10 por cento em relação ao exercício anterior, fruto da estabilização das receitas e da forte redução de custos, no âmbito da reestruturação em curso.

Os resultados líquidos foram apurados deduzidos os juros, impostos, depreciações e amortizações avaliados em 4 mil 779 milhões de Dólares.

A petrolífera angolana esclarece ainda que, em 2019, os custos operacionais registaram uma redução na ordem dos 11 por cento e as receitas mantiveram-se estáveis.

No período em referência, a Sonangol produziu cerca de 232 mil barris de petróleo bruto por dia, tendo ainda aumentado a produção de gás em seis por cento, de LNG em oito por cento e de produtos refinados em 37 por cento.

Segundo o Comunicado, foram produzidas 417 toneladas métricas de gás, um milhão de toneladas métricas de LNG e 2,4 milhões de toneladas métricas de produtos refinados, com a retoma das operações da refinaria de Luanda.

A Sonangol dá a conhecer ter importado aproximadamente, 2,9 milhões de toneladas métricas de produtos refinados, para suprir o défice da produção nacional, um incremento de seis por cento face ao exercício de 2018.

Para o alcance dos seus resultados, a Sonangol realizou vendas de 10 mil 231 milhões de Dólares, representando uma redução de 4 por cento, comparativamente ao ano de 2018.

O Comunicado recorda que o exercício de 2019, com transacções ocorridas de Janeiro a Abril, foi o último em que a Sonangol registou vendas como concessionária nacional.

Durante o exercício em causa foram realizados investimentos de mil 478 milhões de Dólares nas operações petrolíferas da empresa, enquanto os serviços da dívida representaram mil 851 milhões de Dólares.

A empresa encerrou 2019 com um stock de divida de cerca de 5 mil e 34 milhões de Dólares, mais 13 por cento em relação ao ano de 2018, expressa o Comunicado.

Com a apresentação das suas contas de 2019, a Sonangol conclui ter “atingido um marco histórico, com a resolução de temas que permitiram a eliminação de reservas da auditoria que perduravam há 15 anos”.