Quarta, 02 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Facilcred disponibliza AKz 329 milhões aos agrícultores do Huambo


16 Outubro de 2020 | 06h53 - Actualizado em 16 Outubro de 2020 | 06h53

Luanda - Quatro centos e doze agricultores organizados em cooperativas, na província do Huambo, beneficiaram, para o presente ano agrícola, um financiamento avaliado em Akz 329 milhões, uma iniciativa da Facilcred, uma instituição de microcrédito parceira do Banco BNI.


Criado em Novembro de 2019, a Facilcred já disponibilizou micro-crédito a 20 agricultores da província do Huambo, tendo permitido a produção de 500 toneladas de milho, refere uma nota desta instituição financeira a que a Angop teve acesso hoje.

O presente financiamento vai, sobretudo, beneficiar agricultores organizados em cooperativas, que vão desenvolver as suas actividades numa área de 539 hectares, nos municípios do Londuimbale, Bailundo, Huambo, Caála, Ekunha, Longongo, Catchiungo e Tchicala-Tcholoanga.

Além do acesso ao crédito, estes agricultores vão também beneficiar de um kit que inclui insumos agrícolas, uma acção de formação sobre novas técnicas de produção de milho, assistência técnica e monitorização por satélite dos campos cultivados.

Posteriormente, continuarão a ser apoiados durante o processo de escoamento e venda dos produtos.

Aquando da assinatura do contrato de financiamento, estes agricultores procederam à abertura de contas bancárias, instrumentos essenciais para que possam agilizar os processos de recebimento e a sua presença na cadeia de produção de forma empresarial.

No projecto piloto, os 20 pequenos agricultores beneficiaram, com o “Fácil Agricultor”, de uma sessão de formação e a atribuição do microcrédito, que inclui o pacote Syngenta, constituído pela disponibilização de pacotes de insumos agrícolas, monitorização tecnológica, escoamento e venda do milho, permitindo que o produto final tenha os padrões de qualidade exigidos.

Na operação do Huambo, a FacilCred solicitou informação dos beneficiários para a concessão de micro-crédito, empréstimos que, concedidos a 12 meses e juros de 2,5 por cento, seguem os critérios de elegibilidade requeridos.

O FácilAgricultor, que visa financiar os projectos agrícolas, foi introduzido como um produto permanente, com impacto nos processos em curso de diversificação da economia e substituição das importações.

A Facilcred em associação com a Investment Africa, S.A, é a representante oficial em Angola da Syngenta Global, empresa implantada em 90 países e especializada na implementação de projectos agrícolas.