Sexta, 27 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Brigada de manutenção terraplana troço Cuimba/Serra de Kanda


24 Outubro de 2020 | 13h06 - Actualizado em 24 Outubro de 2020 | 13h05

Mbanza Kongo - Nove quilómetros, considerados críticos, dos 45 que separam a sede municipal do Cuimba e a comuna montanhosa da Serra de Kanda, província do Zaire, começaram neste sábado a ser terraplenados.


Os trabalhos estão a cargo da Brigada de Manutenção e Conservação de Estradas do Governo local.

A circulação rodoviária entre a vila do Cuimba e a comuna de Serra de Kanda, localizada a sul, está interrompida há cerca de dois anos, devido ao estado crítico da via que se encontra esburacada e com presença de rochas de grande dimensão.

Em consequência desta situação, os habitantes da comuna resolveram desmatar, de forma manual, um novo traçado, sete quilómetros, no sentido ascendente, na tentativa alcançar a sede comunal.

Os trabalhos de terraplenagem começaram a ser executados no novo traçado sugerido pelos habitantes locais, na presença do governador provincial, Pedro Makita Armando Júlia, cuja empreitada deverá durar dois meses.

O responsável da obra, José Eduardo Borges, disse que o trabalho consiste na desmatação, terraplenagem, aplicação de britas e compactação, incluindo a construção de passagens hidráulicas ao longo da via.

“Vamos abrir uma estrada nova, no traçado sugerido pela população, para se chegar até à sede da comuna da Serra de Kanda”, explicou, para quem os habitantes desta comuna poderão escoar melhor os seus produtos agrícolas quando a empreitada estiver concluída.

A comuna da Serra de Kanda, situada a uma altitude de 900 metros acima do nível do mar, é fronteiriça com os municípios de Maquela do Zombo e Bembe (Uíge) e tem uma população estimada em onze mil e 335 habitantes.