Quinta, 03 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Fórum recomenda políticas agrícolas apropriadas as zonas rurais


21 Outubro de 2020 | 16h26 - Actualizado em 21 Outubro de 2020 | 16h26

Caxito - O vigésimo segundo Fórum Provincial da Mulher Rural do Bengo recomendou hoje, em Caxito, a elaboração contínua de políticas agrícolas, ambientais e sociais apropriadas a uma agricultura familiar sustentável nas comunidades.


Estas políticas devem dar resposta às necessidades reais dos cooperadores, de modo a obterem um desempenho económico eficiente, através da produção de bens e serviços com qualidade.

Recomendou também a inserção das mulheres nos programas de alfabetização e nos projectos de empreendedorismo, a criação de meios de escoamento dos produtos agrícolas bem como melhorar a assistência médica e medicamentosa nas comunidades.

O vice-governador da província do Bengo para a esfera política, social e económica, José Pedro, sublinhou na ocasião que a diversificação da economia em Angola nos domínios da agricultura e do comércio rural tem como principais operadores as mulheres.

No âmbito do Plano de Desenvolvimento Nacional 2018-2022, o Governo angolano prevê reforçar a qualidade profissional da mulher rural,  implementando acções de combate ao  analfabetismo e de desenvolvimento do empreendedorismo feminino.

O vigésimo segundo Fórum Provincial da Mulher Rural do Bengo abordou também temas sobre a “agricultura  familiar como suporte da segurança alimentar”, o “fomento ao micro-crédito para o exercício da agricultura e piscicultura” e os critérios de acesso a posse de terra.