Segunda, 23 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

SONANGOL normaliza abastecimento de combustível na Lunda Norte


22 Outubro de 2020 | 23h01 - Actualizado em 22 Outubro de 2020 | 22h11

Bombas sem combustível na Lunda Norte Foto: Angop

Dundo - A SONANGOL garantiu, nesta quinta-feira, a normalização do abastecimento de combustível, a partir desta sexta-feira, à província da Lunda Norte.


Um mês depois do início da crise de combustível na Lunda Norte, segundo o governador provincial, Ernesto Muangala, a SONANGOL deu garantias da resolução do problema.

Segundo Ernesto Muangala, o abastecimento do combustível para a Lunda Norte  será feito a partir da estocagem da Sonangol nas províncias do Moxico e Malanje.

Falando à imprensa a propósito da falta de combustível nos postos de abastecimento, o governante apelou a calma aos automobilistas e a população em geral, reiterando que “tudo está a ser feito” para a alteração do quadro.

Constrangimentos

A falta de combustível  está provocar transtornos ao sector dos transportes rodoviários,  aumentando o índice de especulação do preço do combustível no mercado informal, que chega a comercializado, por exemplo, a mil kwanzas um litro de gasolina.

Tal situação estimula os moto-taxistas a aumentarem o preço da corrida do táxi de 200 para 300 ou 400 kwanzas.

Até segunda-feira, apenas um, dos sete postos de abastecimento, no centro do distrito urbano do Dundo, estava a comercializar gasóleo, mas em quantidades insuficientes para atender a demanda.