Domingo, 24 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Município do Moxico necessita 16 escolas para 15 mil crianças


05 Setembro de 2019 | 22h19 - Actualizado em 05 Setembro de 2019 | 22h19

Escola em obras na cidade do Luena

Foto: kinda kyungu



Luena - O município do Moxico necessita de 16 novas escolas e 430 professores para atender 15.315 crianças em idade escolares que estão fora do sistema de ensino normal no presente ano lectivo, afirmou, nesta quinta-feira, o director municipal da educação, Moisés Firmino Samosse.


Em declarações à ANGOP, Moisés Firmino Samosse frisou que no ano lectivo transacto 11 mil 095 crianças da municipalidade haviam ficado fora do sistema de ensino devido a insuficiência de salas de aula e professores.

Apontou que a circunscrição conta com 86 escolas e mil e 944 professores.

No presente ano lectivo, o município matriculou 109.114 alunos nos diferentes subsistemas de ensino.

Para minimizar a situação, destacou a construção, reabilitação e apetrechamento de uma escola de seis salas de aulas na povoação do Moxico Velho.

Está  em curso a construção de quatro estabelecimentos escolares, sendo dois no bairro Zorrô, um no Tchifutchi e outro no 4 de Fevereiro, bem como a reabilitação da escola primária do bairro Popular, arredores da cidade do Luena.