Terça, 01 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Governo da Lunda Sul demole duas escolas por má qualidade


14 Outubro de 2020 | 09h46 - Actualizado em 14 Outubro de 2020 | 09h44

Saurimo - Duas escolas de sete salas de aulas cada, localizadas nos municípios de Dala e Muconda, província da Lunda Sul, foram demolidas este mês, por má qualidade das obras.


As infra-estruturas, cujo grau de execução física erá bastante elevado, fazem parte do Programa Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM). A edificação da infra-estrutura de Dala está avaliada em 84 milhões de kwanzas, enquanto a de Muconda custa 92 milhões de Kwanzas.

Segundo o director o director do Gabinete Provincial das Infra-estruturas e Serviços Técnicos, Cláudio Pemessa, que falava à ANGOP,  a demolição das infra-estruturas visa desencorajar os empreiteiros que enveredam pela execução de obras sem o padrão exigido em termos de qualidade.

Em relação aos custos, tendo em conta que o nível de execução física das obras, Cláudio Pemessa afirmou ser da inteira responsabilidade dos empreiteiros, uma vez que a qualidade faz parte das cláusulas dos contratos assinados.  

“Temos aconselhado os empreiteiros a primarem pela qualidade. Caso não cumpram os critérios estabelecidos muitos verão as obras demolidas”, alertou.  

Na Lunda Sul, 40 projectos dos sectores da Educação, Saúde, Saneamento básico, Energia e Águas, Obras Públicas e Segurança estão inscritos no PIIM.

Para o efeito, foram disponibilizados onze mil milhões, 571 milhões, 530 mil e 423 kwanzas, para a execução e apetrecho dos emprendimentos. 

Lançado a 27 de Junho de 2019, o PIIM é um programa de iniciativa do Presidente da República, avaliado em dois mil milhões de dólares, com dotações para os 164 municípios do país.