Terça, 24 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Chitato lança micro-operação "Recolha de carteiras escolares"


26 Outubro de 2020 | 18h32 - Actualizado em 26 Outubro de 2020 | 18h32

carteiras escolares Foto: Pedro João

Dundo - A administração municipal do Chitato, em colaboração com a Policia Nacional, lançou, nesta segunda-feira, uma micro-operação denominada "Recolha de carteira", com vista a recuperar carteiras escolares que se encontram em residências de alguns cidadãos, furtadas em diversas escolas.


No lançamento da micro-operação, o administrador municipal, Gastão Cahata,  informou que vai decorrer de 26 a 31 de Dezembro, nos bairros Kamaquenzo, Norte, Satxindongo, Maboi, Tuliveno, Caxinde.

Sem avançar números, avançou que, numa primeira fase, os cidadãos já identificados serão aconselhados a fazerem a devolução das carteiras voluntariamente e a partir de Novembro dar-se-á ao inicio da recolha coerciva.

Alertou que “quem não fazer a entrega voluntária será responsabilizado civil e criminalmente” , apelando colaboração dos cidadãos que se encontram nesta condição.

Para atender a demanda, o município de Chitato com 32 escolas em todos os subsistemas de ensino e necessita de 30 mil carteiras.

No âmbito do Plano Integrado Intervenção aos Municípios (PIIM) e do financiamento dos Eurobond's, o município ganhou seis escolas de seis, sete, dez e 12 salas de aulas, um total de 52 salas, totalmente apetrechadas, que deverão estar prontas no proximo ano lectivo.