Sexta, 15 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

França e China assinam acordo sobre protecção de produtos regionais


04 Novembro de 2019 | 19h58 - Actualizado em 04 Novembro de 2019 | 19h58

Bandeira da China

Foto: Foto divulgação



Xangai, China - O Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou hoje que França e China vão assinar esta semana um acordo sobre Indicações Geográficas Protegidas (IGP), protocolo que certificará a origem dos produtos regionais franceses e europeus que entrem no mercado chinês.


Esperado há muito tempo, este acordo vai representar “um passo muito importante, sendo o resultado de uma acção conjunta” a nível europeu, declarou o chefe de Estado francês que iniciou hoje uma visita de três dias à China.

“Permite promover o comércio e as trocas protegendo as nossas marcas, a nossa experiência”, prosseguiu Macron, que falava em Xangai.

Para o Presidente francês, o futuro acordo vem demonstrar que é possível “construir, de forma realista, uma agenda comercial positiva”.

A assinatura do acordo está prevista para quarta-feira, dia em que Macron vai reunir-se com o homólogo chinês, Xi Jinping, em Pequim, e ocorre num contexto de fortes tensões comerciais entre a China e os Estados Unidos, as duas maiores economias do mundo.

Uma IGP é um nome geográfico ou equiparado que designa e identifica um produto originário de um local ou região, que possui uma determinada qualidade, reputação ou outras características que podem ser essencialmente atribuídas à sua origem geográfica e que em relação ao qual pelo menos uma das fases de produção tem lugar na área geográfica delimitada.