Sábado, 16 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Bolívia terá ajuda do Canadá e Argentina no combate a incêndios na Amazônia


06 Setembro de 2019 | 19h35 - Actualizado em 06 Setembro de 2019 | 19h34

Bandeira da Bolívia

Foto: Pesquisa



La Paz - A Bolívia terá o reforço de três helicópteros de grande capacidade do Canadá e 204 militares argentinos a partir de 7 de Setembro para ajudar no combate aos incêndios florestais persistentes na região de Santa Cruz.


"Já teremos três novos helicópteros dos maiores do mundo operando na Chiquitanía, [através de] um contrato pago pelo Estado boliviano", informou o ministro da Defesa Javier Zavaleta.

De acordo com ele, os helicópteros entrarão em operação em conjunto com o destacamento de "capacetes brancos", militares argentinos que começaram a chegar em 5 de Setembro e estarão completos em 7 de Setembro, fornecendo também dezenas de equipamentos terrestres, incluindo máquinas pesadas.

​O combate a incêndios, no qual o governo de Evo Morales gastou mais de 11 milhões de dólares no mês passado, segundo um relatório oficial, ficou concentrado por uma semana nos municípios localizados ao norte da Chiquitanía, uma região de florestas baixas e pastagens entre as selvas da Amazônia e as florestas do Chaco da América do Sul.