Domingo, 17 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

COVID-19: México supera 180 mil casos e 21 mil mortos


22 Junho de 2020 | 10h38 - Actualizado em 22 Junho de 2020 | 10h38

Bandeira do México

Foto: LUANDA



Cidade do México - O México superou no domingo os 180 mil casos e as 21 mil mortes devido à covid-19, depois de as autoridades anunciarem 5.343 contágios e 1.044 óbitos nas últimas 24 horas.


No último balanço diário, o Ministério da Saúde registou um total de 185.545 casos e 21.825 mortes, agora que termina a terceira semana do plano "novo normal", com o qual o Governo procura promover a recuperação económica desde 01 de Junho.

Os dados deste domingo estão próximos dos recordes diários: 5.662 novos casos na quinta-feira e 1.092 mortos em 03 de Junho.

As autoridades identificaram também 56.590 casos suspeitos.

Com esses números, o México sobe para o 14.º lugar no mundo com mais casos de covid-19, ao ultrapassar o Paquistão, consolidando-se ainda como o 7.º com mais mortes registadas, de acordo com a Universidade Johns Hopkins, instituição norte-americana que realiza uma contagem a nível mundial de contágio e de óbitos.

Os Estados Unidos, com quem o México faz fronteira a norte, são o país com mais mortos e mais casos de infecção confirmados.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 465 mil mortos e infectou mais de 8,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro em Wuhan, China.