Domingo, 17 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

BP do MPLA afasta "Tchizé dos Santos" do Comité Central


21 Novembro de 2019 | 16h45 - Actualizado em 25 Novembro de 2019 | 19h55

Antiga deputada da Assembleia Nacional Welwitschia dos Santos

Foto: Foto divulgação



Luanda - O Bureau Político (BP) do MPLA aprovou nesta quinta-feira o afastamento de Welwitschia José dos Santos "Tchizé dos Santos" do Comité Central do partido, conforme proposta da Comissão de Disciplina e Auditoria.


No comunicado final da 4ª Reunião Ordinária, realizada hoje, o Bureau Político anuncia também a suspensão de Tchizé dos Santos por um período de 24 meses da situação de militante do MPLA, "por violação dos princípios básicos dos estatutos e do código de ética partidária".

A reunião orientada pelo Presidente do MPLA, João Lourenço, analisou entre outros documentos, a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2020, congratulando-se com as medidas de políticas previstas que apontam para a inversão da trajectória da recessão económica.

Os membros do Bureau Político do MPLA consideram que o OGE 2020 aponta também para “a consolidação fiscal e o reforço do sector produtivo não petrolífero, bem como a redução da dívida pública, a melhoria dos serviços de saúde e educação e de outras necessidades sociais”.

Na reunião do Bureau Político foi analisado também a vida interna do partido, com realce para a aprovação da agenda e do programa de trabalho da segunda sessão ordinária do Comité Central, a ter lugar a 29 do corrente mês, em Luanda.

O encontro debruçou-se ainda sobre a realização da conferência extraordinária do MPLA na província do Namibe e a cessação do mandato de Carlos da Rocha Cruz, do cargo de primeiro secretário provincial do partido naquela província.

De igual modo, aprovou a indicação de Archer Mangueira para o cargo de primeiro secretário do MPLA no Namibe e de Carvalho da Costa para as funções de segundo secretário provincial do partido em Malanje, e anuiu a indicação de António Quino para o cargo de director do departamento de Informação e Propaganda do Comité Central do MPLA.

Em saudação ao dia do educador, que se celebra esta sexta-feira (22), o Bureau Político manifestou o seu apreço pelo “valoroso contributo que os professores e os agentes de educação e ensino têm prestado em prol do desenvolvimento de Angola”.

Relativamente aos casos de criminalidade registados nos últimos dias em Luanda, o Bureau Político apelou os cidadãos a manterem a calma e a serenidade, recomendando aos órgãos de defesa e segurança “a aplicação de medidas adequadas à manutenção da ordem pública e a estabilidade social”.

Quanto à situação da seca que assola o sul do país, diz o comunicado que foi apreciado o relatório global sobre a execução do programa de emergência, tendo reconhecido o esforço do Executivo e a onda de solidariedade desenvolvida pela sociedade civil para minimizar os efeitos da calamidade natural.

Segundo o comunicado final, os membros do BP congratularam-se com as medidas que apontam para a consolidação fiscal e o reforço do sector produtivo não petrolífero, bem como a redução da dívida pública, a melhoria dos serviços de saúde e educação e de outras necessidades sociais.

À margem da reunião, o líder do MPLA manteve um encontro de trabalho com o primeiro secretário nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos, com quem abordou questões de carácter sócio-económico que a juventude angolana enfrenta.

Crispiniano dos Santos, que assumiu em Outubro último a liderança da organização juvenil do MPLA, durante a realização do seu VIII Congresso, referiu que João Lourenço manifestou total apoio aos jovens face as dificuldades que os afligem, pelo que reiterou o comprometimento na busca de soluções.

O Bureau Político é o organismo permanente da direcção do Partido que delibera no intervalo das reuniões do Comité Central e se ocupa dos ajustamentos pontuais das estratégias do Partido.