Domingo, 17 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Bié: UNITA reitera apelo à fiscalização do PIIM


06 Julho de 2019 | 13h53 - Actualizado em 06 Julho de 2019 | 13h52

Cuito - O primeiro secretário da UNITA do Bié, Adérito Jaime Fernandes Candambo, reiterou o apelo, hoje (sábado), no Cuito, para a necessidade dos cidadãos fiscalizarem o Plano Integrado de Intervenção aos Municípios (PIIM), lançado pelo Presidente da República, João Lourenço, sob pena de fracassar.


O  PIIM, lançado a 28 de Junho do ano em curso, na capital do país, prevê a concretização de 236 projectos de vias de comunicação, repartidos pela colocação de asfalto, reabilitação e terraplanagem de estradas, a instalação e reparação de pontes, entre outros.

O Presidente da República, João Lourenço, anunciou, na mesma ocasião, que o PIIM será financiado com o equivalente em kwanzas a dois mil milhões de dólares do Fundo Soberano de Angola (FSDEA).  

Para Adérito Candambo, que falava na abertura da VII reunião ordinária do Comité local desse partido, a fiscalização deve incidir fundamentalmente na denúncia de eventuais desvios de bens públicos e da má execução de obras públicas.

Reiterou o apelo aos administradores no sentido de “ganharem cultura” de prestação de contas com os cidadãos por meio deste programa.  

Na reunião, foram debatidos assuntos relacionados com a convocação do XIII Congresso do partido, sobre as actividades realizadas no primeiro semestre, perspectiva das acções políticas na província, entre outros.  

Participam do encontro, o segundo secretário do partido no Bié, Enoque Severino, primeiros secretários municipais, quadros do Comité Provincial, entre outros.