Sábado, 28 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Angola poderá apostar na cooperação militar com os EAU


31 Janeiro de 2020 | 12h49 - Actualizado em 31 Janeiro de 2020 | 12h47

Ministro da Defesa Nacional, Salviano de Jesus Sequeira Foto: Gaspar dos Santos

Luanda - Os Emirados Árabes Unidos (EAU) poderão ser aposta de Angola para a formação e capacitação de quadros do sector da defesa, afirmou nesta sexta-feira o ministro Salviano de Jesus Sequeira, durante um encontro com o Sheik Amed Dalmoook Al Maktoum.


Segundo o ministro da Defesa Nacional, Angola pode aproveitar a experiência, o conhecimento e a tecnologia desse país do Golfo Pérsico.

“Angola e o sector da Defesa, em particular, enfrentam dificuldades económicas resultantes da volatilidade do preço do barril de petróleo no mercado internacional”, frisou o ministro, realçando que este factor dificulta a implementação de projectos do sector, fundamentalmente os ligados à indústria desse ramo.

Salviano de Jesus Sequeira disse ser dentro deste quadro que Angola está em busca de parceiros e investidores para desenvolver a  indústria de defesa e implementar o plano de negócios do Instituto de Segurança Social das Forças Armadas Angolanas.

Em resposta, o Sheik  Amed Dalmoook Al Maktoum anunciou que os EAU têm em vista a produção de uniformes militares e de bens industriais, como telemóveis e Ipads, projectos para os quais disse ter recebido garantias de apoio de Angola.

O Sheik disse ser pretensão do seu país, numa primeira fase, produzir os referidos bens para o mercado interno e, só depois, satisfazer as necessidades dos países da África Austral.

Angola mantém relações de cooperação com os Emirados Árabes Unidos nos domínios da energia, construção civil, cultura, educação,  ciência e tecnologia, promoção recíproca de negócios e investimentos, do desenvolvimento de infra-estruturas e dos recursos humanos.