Quarta, 27 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Exército angolano reafirma segurança nas fronteiras


09 Fevereiro de 2020 | 22h08 - Actualizado em 10 Fevereiro de 2020 | 11h36

Uíge - O ramo do Exército das Forças Armadas Angolanas (FAA) está em prontidão para garantir a segurança das fronteiras e apoiar o Governo nos projectos para o desenvolvimento do país, reafirmou hoje, domingo, o seu comandante-adjunto para a Educação Patriótica, José Marques.


A posição foi apresentada no município do Negage pelo tenente-general no fim da 19.ª Reunião de Balanço do Exército, realizada, durante três dias, na sede da Região Militar Norte, na província do Uíge, na presença do governador Pinda Simão e demais responsáveis de outras zonas militares.

Segundo o oficial, as FAA vão continuar a apoiar o Executivo nas aréas da saúde e educação, sobretudo para intervir nas comunidades, com medidas de prevenção, a fim de evitar doenças, bem como de agir em situações de risco em calamidades, no sentido de não haver perda de vidas humanas.

José Marques adiantou que as FAA continuam com os projectos virados para a melhoria das condições de vida dos militares, como a construção de novas infra-estruturas e a reabilitação dos quartéis.

O evento encerrado hoje foi orientado pelo comandante do Exército, general Gouveia de Sá Miranda, e debateu os resultados das acções realizadas em 2019, dificuldades, aspectos organizativos e disciplinares, prontidão das tropas, plano de actividades para 2020, entre outros assuntos.

Durante a missão no Uíge, o líder do Exército visitou certas unidades, o Hospital Militar e as obras de melhoria do quartel de Negage, a cargo da Brigada de Construção e Engenharia das FAA, com vista à melhoria das condições de acomodação das tropas.

Gouveia de Sá Miranda e o seu elenco reuniram-se, também, com o governador Pinda Simão, a quem reiterou a posição do ramo que dirige em apoiar o Governo da Província do Uíge em todas as acções que se estão a realizar.