Quarta, 27 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Deputados prosseguem inspecção do PIP no interior


29 Fevereiro de 2020 | 17h29 - Actualizado em 29 Fevereiro de 2020 | 17h41

Huíla: Pormenor da cidade do Lubango

Foto: Morais Silva



Luanda - Deputados da Assembleia Nacional prosseguiram, este sábado, a jornada de inspecção do nível de execução das acções do Programa de Investimentos Públicos (PIP) e de Intervenção Municipal (PIIM), em curso pelo país.


Huila

A propósito, as 1ª e 10ª comissões parlamentares, estão a inspeccionar a execução dos aludidos programas públicos no Lubango, Cacula, Humpata e Chibia, província da Huíla.

Durante a visita, o coordenador do grupo de deputados, João Pinto, afirmou que a presença da delegação parlamentar na Huíla visa, essencialmente, fiscalizar os investimentos que o governo coloca à disposição da população.

Entre os empreendimentos visitados, destaca-se as obras de escolas, o projecto habitacional do sub-programa de 200, infra-estruturas integradas do Lubango, centro de hemodiálise do hospital central Dr. António Agostinho Neto.

Com o mesmo objectivo, a delegação desloca-se, domingo, à província do Namibe.

Bié

Na província do Bié, o grau de execução física e financeira de vários projectos estruturantes nos sectores da Saúde, Educação e Águas foi considerado de “satisfatório” pela coordenadora da delegação parlamentar das 1ª, 4ª e 5ª comissões, Ruth Mendes.

Em declarações à imprensa hoje (sábado), em jeito de balanço de um ciclo de visitas de três dias a essa província, Ruth Mendes considera ser “muito gratificante” ver o esforço do Executivo de construção, sobretudo, dos Sistemas de Água em quase todos os municípios, tornando-os auto-suficientes.

Outro projecto “muito apreciado”, tem a ver com o Hospital Provincial do Bié, com tecnologias de ponta.

A comitiva parlamentar visitou, em quatro municípios da província, as obras de sete escolas de 12 salas de aula, da Cadeia do Cuquema e dos Sistemas de Abastecimento de Água Potável do, construídas com verbas alocadas ao Programa de Investimentos Públicos (PIP), referentes aos anos 2018/2019.

Depois do Bié, os parlamentares seguiram para o Cuando Cubango, com o mesmo fito.

Cuanza Sul

No Cuanza – Sul, os deputados a Assembleia Nacional avaliaram o grau de execução financeira e física dos programas e projectos do OGE 2018, e os relatórios de balanço do II e III trimestre de 2019.

O grupo de seis parlamentares chefiado pelo deputado Tomás da Silva, avaliou as obras de construção da futura delegação provincial das Finanças, paralisada há mais de um  ano por falta de verbas.

Da agenda constou igualmente as obras de uma escola de 24 salas de aulas, inoperante desde 2017, por falta de pagamentos, bem como as da futura escola 2 de Março, de 12 salas de aulas localizada no bairro É15, iniciada em 2017.

Tomás da Silva disse ter tomado uma “boa nota” e augura que “brevemente” sejam desbloqueados os problemas financeiros para se retomarem as obras.