Quarta, 27 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

MPLA apela militantes para uso racional das redes sociais


07 Março de 2020 | 15h51 - Actualizado em 07 Março de 2020 | 15h51

Moçâmedes- Militantes da Organização da Mulher Angolana, OMA no Namibe, foram exortadas hoje, sábado, a utilizarem melhor o uso as redes sociais, construindo debates que venham contribuir para o resgate dos valores morais e cívicos e na estabilização das famílias.


A exortação foi feita hoje nesta circusncrição, pelo primeiro-secretário do MPLA no Namibe, Archer Mangueira, no acto que marcou as festividades do 58 aniversario da OMA, assinalado no dia 2 do corrente ano, sob o lema " Mulher Angolana e a cidadania, consciente rumo ao desenvolvimento" que aconteceu apenas hoje na localidade do saco-Mar, municipio de Moçâmedes, para quem as militantes da OMA devem estar vigilantes e em prontidão, banindo todos aqueles que não procede bem o uso dos instrumentos da liberdade e da democracia  "redes sociais", ao ponto de criarem conflitos que em muitos casos vêem destruindo milhares de familias jovens e não só.

" As nossas militantes devem estar atentas e vigilantes, aconselhando e denunciando todos aqueles que tentam enveredar pelo caminho da destruição da sociedade angolana através destes meios", disse.

Por outro lado , o politico,fez saber que para além das redes sociais, o combate deve ser feito igualmente e denunciado contra aqueles que praticam a violência doméstica e ao tráfico de crianças, factores que tem permitido o aumento de familias vulneráveis e pobres.

Aconselhou aos mulheres angolanas, a transfomarem as actividades do Março/Mulher, numa jornada de reflexão, que visa a busca dos valores morais e civicos e na mudança de comportamentos negativos que tem provocado a desestruturação das familias mais jovens.