Sexta, 27 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Huambo: Joana Lina realça valor da reconciliação entre os angolanos


04 Abril de 2020 | 12h03 - Actualizado em 04 Abril de 2020 | 12h03

Huambo - A governadora do Huambo, Joana Lina, reiterou este sábado, na região, a importância da paz, um dos maiores feitos dos angolanos depois da independência nacional, exigindo, de cada cidadão, esforços na sua manutenção e preservação.


Ao pronunciar-se durante o acto simbólico do 04 de Abril, que juntou membros do governo, representantes de partidos políticos, deputados à Assembleia Nacional e entidades religiosas, referiu que “somos filhos da mesma pátria e estamos condenados a viver juntos, independentemente das diferenças de natureza política”.

Por este facto, Joana Lina ressaltou que devemos continuar nesta direcção por temos atingido a maturidade, o que não se compadece com palavras ou actos leviano que ponham em risco a  mesma.

Nesta data de júbilo e reflexão pelos 18 anos de paz e reconciliação nacional, o governo da província do Huambo exortou todos aos angolanos para que, com a mesma determinação e patriotismo,” marchemos juntos e na mesma direcção para cimentarmos a solidariedade colectiva, senso de responsabilidade no cumprimento da nossa missão”.

De igual modo, o governo da província do Huambo reconheceu a colaboração de todas as forças de defesa e segurança, os profissionais da saúde, da comunicação social e não só pela sua entrega, dedicação e pronta disponibilidade para o grande problema que nos aflige.

A 4 de Abril de 2002 os angolanos decidiram colocar um ponto final na guerra fratricida que imperava no país há cerca de três décadas com a assinatura dos acordos de paz e reconciliação nacional.