Domingo, 17 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Governadora quer melhoria de condições para população do Huambo


28 Maio de 2020 | 15h17 - Actualizado em 28 Maio de 2020 | 15h20

Presidente da República, João Lourenço, empossa governadores e secretários de Estado

Foto: Pedro Parente



Luanda - A nova governadora do Huambo, Lotti Nolika, apresentou hoje como prioridade da sua governação a melhoria das condições básicas para a população daquela província, rica em recursos naturais e minerais.


Em declarações à imprensa, em Luanda, após ter sido empossada pelo Presidente João Lourenço, a governadora do Huambo disse que constam, igualmente, das suas prioridades a reabilitação das vias terciárias da província.

Com esta aposta, Lotti Nolika que já foi vice-governadora do Huambo para área social e membro do Conselho da República, pretende facilitar o processo de retirada dos produtos do campo para o mercado consumidor.

Já a nova governadora de Luanda, Joana Lina, comprometeu-se em trabalhar com os munícipes para minimizar as dificuldades sociais e económicas que a capital do país enfrenta.

"A primeira tarefa é fazer um diagnóstico", afirmou Joana Lina, que até a data da sua nomeação exercia as mesmas funções na província do Huambo.

Entretanto, Luther Rescova, novo governador do Uíge, manifestou a intenção de trabalhar para fazer crescer a província, que tem um grande potencial agrícola.

A par dos três governadores, o Presidente da República conferiu posse a Milton Parménio dos Santos Reis e Elsa Maria Barber, secretários de Estado para o Planeamento e para a Família e Promoção da Mulher, respectivamente, bem como a Miguel dos Santos Oliveira, vice-governador de Cabinda.